Náutico projeta lançamento de camisa da Diadora para segunda quinzena de junho

Timbu vai estrear o novo padrão em meados da Série C

Náutico projeta lançamento de camisa da Diadora para segunda quinzena de junho

Bruno Becker, presidente do Náutico. Foto: Gabriel França/CNC

Nesta segunda-feira (20), o Náutico apresentou seu novo patrocinador master para as duas próximas temporadas. Essa, no entanto, não foi a única novidade divulgada pelo clube vermelho e branco. Segundo o presidente Bruno Becker, o Timbu projeta o lançamento da nova camisa, da Diadora, para o próximo mês de junho.

“A Diadora, a previsão é para a segunda quinzena de junho. Esperamos estar em breve com a nova fornecedora de material esportivo, que também está dentro da lógica que permeou toda essa negociação com a Esportes da Sorte. Isso porque é uma marca forte (a Diadora), e que agrega muito”, disse o mandatário do Náutico.

Becker comentou, também, sobre a possibilidade de novos reforços para o Náutico com a chegada do novo patrocinador. Ele, contudo, disse que não poderia cravar nada em relação aos valores injetados, por conta de uma cláusula no contrato que obriga sigilo.

“Não tenho como cravar valor para investir no futebol, porque preciso achar o atleta, num processo que envolve o departamento de futebol. Esses ajustes que precisam ser apontados pelo departamento de futebol. O que posso garantir é que esse patrocínio ajuda e muito a fechar essa equação, porque uma das variáveis é a questão financeira”, adiantou.

Presidente do Náutico fala dos clubes gaúchos

O próximo compromisso do alvirrubro será diante do Remo, no próximo sábado (25), pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Em seguida, encara dois clubes do Rio Grande do Sul, estado que vem sofrendo com uma catástrofe climática há quase um mês.

“Em relação aos times do Rio Grande do Sul, encaramos com muita tranquilidade e naturalidade. A gente não pode tomar uma decisão sem analisar todos os aspectos. Têm questões desportivas envolvidas, questões financeiras envolvidas. E claro que a gente nunca pode perder, essa é a principal, a questão da solidariedade”, salientou Bruno Becker.