Sport avança por SAF após Conselho Deliberativo aprovar mudanças no estatuto

Conselho se reuniu na última terça-feira (16)

Sport avança por SAF após Conselho Deliberativo aprovar mudanças no estatuto

Conselho do Sport se reúne com membros do Executivo. Foto: Divulgação/SCR

O Sport, através do Conselho Deliberativo, se reuniu na última terça-feira (16), num encontro que pode ser um divisor de águas para a modernização do Rubro-negro. Várias mudanças foram apresentadas pela Comissão da Redação do Novo Estatuto do clube, sendo aprovadas pelos conselheiros. Entre as alterações, está a autorização de transformar o Leão em SAF.

Além disso, a reunião estabeleceu que a atualização do estatuto seja colocada em votação na Assembleia Geral de Sócios, ainda sem data definida. O sinal verde para o Sport ser uma SAF acontece em volta a alguns cuidados importantes, como adianta o presidente da Comissão, Ademar Rigueira.

“O Sport larga na frente e inicia o processo de modernização do futebol pela estrutura corporativa criada pelo estatuto. Acreditamos que a SAF levará o Sport ao lugar que ele merece no futebol brasileiro”, destaca.

Outro ponto importante discutido foi quanto à eleição do Sport. A mudança sugerida se refere ao mandato do presidente do executivo, que, se aprovada na assembleia geral, passará a ter três anos e sem direito a reeleição. O estatuto também prevê a formação de um conselho administrativo, que será formada por um presidente, vice e dois diretores. Será criada a função de chefe do executivo, o CEO, que será contratado pelo novo conselho. Algumas outras diretorias executivas serão criadas para modernizar os diversos segmentos do clube.

Os rubro-negros também não esqueceram da questão disciplinar. Por conta dos inúmeros prejuízos sofridos nos últimos meses por conta de episódios de violência protagonizados por torcedores, será criada a Comissão de Ética e Disciplina. Sob o seu radar estarão a violação das normas legais e a Lei Geral do Esporte. Comportamentos que podem prejudicar o Sport serão colocados como infrações administrativas, passíveis de punição imposta pelo clube. Injúria racial, preconceito sexual, misoginia, importunação ofensiva ao pudor serão atos inaceitáveis no Sport. Tudo para proteger o clube de atos excessivos e desrespeitos por parte de algumas pessoas que podem prejudicar o clube.

Conselho aprova mudanças no estatuto do Sport

O presidente do Conselho Deliberativo do Sport, Silvio Neves Baptista, disse que a atualização do estatuto do clube foi aprovada, mas que ainda será feita uma revisão do texto antes de ser levada para a assembleia geral de sócios.

“Foi um esforço muito grande da comissão para finalizar essa modernização do estatuto. Agradecemos a dedicação nesse trabalho exaustivo”, afirma Silvio, que destacou a inclusão da SAF como o ponto mais importante da reforma.

“Não trocamos um estatuto pelo outro. Muitos artigos foram mantidos. Mas a comissão colaborou muito para essa modernização do clube”, completou.

*Com informações da assessoria