Náutico demite Allan Aal após derrota para o Sport na final do Pernambucano

Técnico deixa o Timbu com 52% de aproveitamento

Náutico demite Allan Aal após derrota para o Sport na final do Pernambucano

Allan Aal deixa o Timbu neste sábado (30). (Foto: Júlio Gomes/LeiaJá)

O técnico Allan Aal não é mais técnico do Náutico. Após a derrota para o Sport por 2 x 0 no Clássico dos Clássicos, nos Aflitos, neste sábado (20), pelo jogo de ida da final do Campeonato Pernambucano, o Timbu agiu rápido e desligou o treinador do cargo.

Ao todo, o técnico comandou o Náutico em 21 jogos na temporada, totalizando 52% de aproveitamento à beira do gramado. Neste recorte, somou nove vitórias, seis empates e seis derrotas. Além disso, marcou 22 gols, bem como foi vazado 15 vezes.

Demitido, Allan Aal sequer concedeu entrevista coletiva após a derrota para Leão. O presidente alvirrubro, Bruno Becker, atendeu a imprensa. “Antes de tudo quero me decidir a torcida alvirrubro, como um pedido de desculpas (pelo resultado), bem como comunicar o desligamento do treinador Allan Aal da comissão técnica. Apesar das metas alcançada, a gente vê que é o momento de mudança, visando o novo maior objetivo da temporada, que é o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro”, disse Bruno Becker, presidente do Náutico.

Tudo o que você precisa saber está no Facebook do LeiaJá

Além de All, os auxiliares técnicos Paulo Pelanda e Flávio RIbeiro, bem o preparador físico da comissão técnica, Juvenilson Souza, foram desligados do clube.

O próximo compromisso do Náutico na temporada será justamente contra o Sport, que pode até perder por um gol de diferença. As equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado (6), na Arena de Pernambuco, no jogo que vale o título do Campeonato Pernambucano.

LeiaJá também:

Homem invade gramado dos Aflitos duas vezes durante final do Pernambucano

Final do Pernambucano entre Náutico e Sport é manchada por briga generalizada