Liverpool bate Crystal Palace e acirra disputa no Inglês

O Liverpool torce agora para uma derrota do Arsenal para se manter no topo

Uma vitória dramática. Foi dessa maneira que o Liverpool derrotou o Crystal Palace neste sábado, por 2 a 1, selando o triunfo nos acréscimos do confronto, pelo Campeonato Inglês. Com o resultado, o time de Jürgen Klopp chegou aos 37 pontos.

O Liverpool torce agora para uma derrota do Arsenal (que entra em campo neste sábado) para se manter no topo. O Crystal Palace segue estacionado nos 16 pontos e continua tentando ganhar distância da zona de rebaixamento.

Os dois times voltam a jogar pelo torneio no próximo final de semana. No domingo, o Liverpool recebe o Manchester United no clássico da rodada. Um dia antes, o Crystal Palace visita o Manchester City.

Com um primeiro tempo de pouca inspiração no ataque, o Liverpool esteve longe de sua prioridade, que era obter uma vantagem no marcador já na etapa inicial. Os erros de finalização da equipe de Jürgen Klopp se sucederam e, aos poucos, o Crystal Palace equilibrou a partida.

O que ninguém esperava aconteceu aos 29 minutos, quando o time da casa teve um pênalti a seu favor. Van Djik cometeu falta dentro da área e o juiz Andy Madley assinalou a infração. Orientado a consultar o VAR, o juiz acabou invalidando o lance alegando falta de ataque.

O Crystal Palace sentiu o bom momento e pressionou o Liverpool. Neste momento de pressão, o goleiro Alisson precisou trabalhar realizando pelo menos duas grandes defesas para garantir o 0 a 0.

Quem esperava uma mudança de atitude por parte do Liverpool logo no início do segundo tempo acabou surpreendido. Mateta foi derrubado na área e o juiz marcou um pênalti a favor do Palace. Ele mesmo foi para a cobrança e, com categoria, deslocou o goleiro brasileiro fazendo 1 a 0 para os donos da casa.

A partir daí, o jogo ganhou outra dinâmica. O Crystal Palace recuou e perdeu Ayew (expulso). O castigo veio no lance seguinte. Salah aproveitou o espaço na área e finalizou com precisão para empatar o confronto. Foi o gol de número 200 do atacante egípcio com a camisa do Liverpool e também o seu 150º marcado no Campeonato Inglês.

Disposto a buscar a virada no placar, a equipe visitante seguiu pressionando e chegou aos 2 a 1 graças à disposição de Salah, que achou Harvey Elliott livre na entrada da área. O meia acertou um belo chute e decretou a vitória aos 46 minutos do segundo tempo.