FIVB anuncia largada da Liga das Nações de Vôlei de 2024 no Rio e anuncia grupos

O Brasil foi um dos países escolhidos para sediar a primeira semana da Liga das Nações de Vôlei de 2024, que terá 16 representantes em cada modalidade, feminina e masculina. A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) revelou nesta sexta-feira que a competição começará no dia 14 de maio para as mulheres e no dia 21 […]

O Brasil foi um dos países escolhidos para sediar a primeira semana da Liga das Nações de Vôlei de 2024, que terá 16 representantes em cada modalidade, feminina e masculina. A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) revelou nesta sexta-feira que a competição começará no dia 14 de maio para as mulheres e no dia 21 do mesmo mês no masculino, com jogos na cidade do Rio de Janeiro – A CBV confirmou que os jogos serão no Maracanãzinho. Ainda anunciou os seis grupos que disputarão as três semanas de classificação.

Cinco vagas para os Jogos Olímpicos de Paris-2024 estarão em disputa. O Brasil já está garantido com suas duas seleções. Serão sete nações classificadas em cada modalidade para a fase final da Liga das Nações, mais a anfitriã das finais, ainda a ser definida.

A primeira semana para as mulheres terá Brasil, Canadá, Estados unidos, República Dominicana, Sérvia, Tailândia, China e Coreia do Sul se enfrentando no Maracanãzinho, enquanto Antalya, na Turquia, terá a seleção da casa, mais Alemanha, Itália, Holanda, Polônia, Bulgária, Japão e França frente a frente. As duas chaves jogam entre 14 e 19 de maio.

A semana dois está agendada entre os dias 28 de maio e 2 de junho, com o Brasil jogando em Macau, na China, contra a seleção local, República Dominicana, Itália, Holanda, Tailândia, Japão e França. Na outra sede, em Arlington, nos Estados Unidos, as americanas terão pelo caminho Alemanha, Turquia, Canadá, Polônia, Bulgária, Sérvia e Coreia do Sul.

Antes do Jogos Olímpicos de Paris há o encerramento da fase classificatória, com a terceira semana marcada entre 11 e 16 de junho. As brasileiras mais uma vez estarão em ação na Ásia, desta vez em Hong Kong, contra as anfitriãs chinesas, República Dominicana, Turquia, Alemanha, Tailândia, Polônia e Bulgária. O Japão, ainda em palco não anunciado, receberá Holanda, Estados Unidos, Canadá, Itália, França, Sérvia e Coreia do Sul.

TABELA DO MASCULINO

Apenas com uma semana na frente dos jogos das mulheres, a seleção brasileira masculina também fará sua largada na Liga das Nações em casa. Entre 21 e 26 de maio, recebe Holanda, Itália, Irã, Argentina, Cuba, Japão e Alemanha no Maracanãzinho. Pela outra chave, em Antalya, a Turquia terá pela frente França, Polônia, Holanda, Estados Unidos, Canadá, Bélgica e Bulgária.

A segunda semana está agendada entre os dias 4 e 9 de junho. O Brasil vai até o Japão encarar os locais, além de Irã, Turquia, Polônia, Bulgária, Eslovênia e Alemanha. Já em Ottawa, o anfitrião Canadá enfrenta Argentina, Itália, Sérvia, Estados Unidos, Holanda, França e Cuba.

A terceira semana dos brasileiros, entre 27 e 30 de junho, será em Manila, nas Filipinas, contra Japão, Irã, Estados Unidos, Holanda, Brasil, Alemanha, França e Canadá. Será uma sede sem representante. Já a Eslovênia recebe, em Ljubljana, Sérvia, Polônia, Turquia, Itália, Cuba, Argentina e Bulgária.