Fernando Diniz convoca seleção com Neymar de volta

Técnico interino da seleção brasileira fez sua primeira convocação

Fernando Diniz convoca seleção com Neymar de volta

Fernando Diniz, técnico interino da seleção brasileira, fez sua primeira convocação nesta sexta-feira, com poucas novidades, caso do goleiro Bento, do Athletico-PR, e do lateral-esquerdo Caio Henrique, do Monaco, que entrou na pré-lista de Tite para a Copa do Mundo do Catar, mas não chegou a ser convocado. Caio tem cidadania espanhola e chegou a considerar defender a Espanha.

A principal ausência é o meia Lucas Paquetá, alvo de uma investigação por violação de regras de apostas esportivas na Inglaterra. Já Neymar, mesmo recém-transferido para o nada tradicional futebol árabe, está na lista e participará dos dois primeiros jogos do Brasil pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, diante de Bolívia e Peru, nos dias 8 e 12 de setembro.

O principal astro do Brasil não disputou os amistosos de junho deste ano, contra Senegal e Guiné, porque estava se recuperando de uma lesão grave no tornozelo que o deixou fora de combate por mais de cinco meses. Sua última partida com a seleção foi na eliminação para a Croácia na Copa do Mundo do Catar, em 2022.

“É sempre muito complexo. A gente procurou assistir todos os jogadores convocados, por vídeo e alguns em estádio. A lista foi se modificando durante esse tempo. Ela tem uma projeção já visando a próxima Copa do Mundo, independentemente de quem seja o técnico”, afirmou Diniz, que tem contrato até junho de 2024, para quando está prevista a chegada Carlo Ancelotti, atualmente no Real Madrid, segundo a CBF.

Diniz, que comanda o Fluminense em paralelo a suas obrigações com a seleção, chamou dois jogadores de sua equipe: o zagueiro Nino e o volante André. Os dois já haviam sido convocados por Ramon Menezes, que comandou o Brasil interinamente no começo do ano e esteve no banco nos amistosos de junho. Na ocasião, Nino se machucou e foi substituído por Robert Renan, do Zenit.

A dupla tricolor faz parte da minoria convocada que atua no futebol brasileiro. Além deles e do goleiro Bento, do Athletico-PR, o único que atua em um time nacional é o meio-campista Raphael Veiga, do Palmeiras. Diniz manteve algumas novidades da convocação de Ramon, como o lateral-direito Vanderson, do Monaco, e o versátil meia Joelinton, do Newcastle;

Veja a lista de convocados de Fernando Diniz:

Goleiros: Alison (Liverpool), Bento (Athletico-PR) e Ederson (Manchester City).

Zagueiros: Gabriel Magalhães (Arsenal), Ibañez (Al-Ahli), Marquinhos (PSG) e Nino (Fluminense).

Laterais-direitos: Danilo (Juventus) e Vandeson (Monaco).

Laterais-esquerdos: Caio Henrique (Monaco) e Renan Lodi (Olympique de Marselha).

Meio-campistas: André (Fluminense), Bruno Guimarães (Newcastle), Casemiro (Manchester United), Joelinton (Newcastle) e Raphel Veiga (Palmeiras).

Atacantes: Antony (Manchester Untied), Martinelli (Arsenal), Matheus Cunha (Wolverhamptoin), Neymar (Al-Hilal), Richarlison (Tottenham), Vinícius Júnior (Real Madrid) e Rodrygo (Real Madrid).