CazéTV bate recorde, mas transmissão é criticada

Apesar do sucesso, a transmissão do canal vem sofrendo críticas por causa da composição dos profissionais que estão participando da cobertura

CazéTV bate recorde, mas transmissão é criticada

A CazéTV atingiu um novo pico de audiência na Copa do Mundo com a partida entre Nigéria e Canadá, disputada entre a noite de quinta-feira e a madrugada desta sexta, pelo horário de Brasília. Ainda na primeira etapa do jogo, o confronto chegou a ser assistido por 149 mil espectadores simultâneos nas transmissões do streamer Casimiro Miguel.

O número supera o recorde estabelecido previamente no jogo entre Austrália e Irlanda, que aconteceu na quinta e que foi vista por 136 mil pessoas. A CazéTV transmitirá todas os 64 jogos do Mundial feminino. O formato da competição é o mesmo da Copa do Catar, realizada em 2022, com 32 seleções.

Apesar do sucesso, a transmissão do canal vem sofrendo críticas por causa da composição dos profissionais que estão participando da cobertura. Ao todo, foram 21 pessoas anunciadas como parte da equipe do time de transmissão. Apesar da maioria ser mulher, há apenas uma colaboradora negra. O fato chamou atenção dos internautas e muitos, mesmo sendo fã do influenciador, criticaram a falta de diversidade racial.

“Eu sou muito fã do Cazé, mas é desolador como até a mais jovem e alternativa mídia remonta o mesmo panorama racial das redações tradicional. Muitas mulheres, mas quase todas brancas”, afirmou a jornalista Isabela Reis em seu Twitter.

“Tem mulheres pretas que amam futebol, algumas independentes que só precisam de uma oportunidade”, disse o crítico de cinema P.H. Santos. “Considere dar CHANCE. Considere abrir porta. Considere pavimentar! Considere… PRIVILEGIAR. Ter apenas uma mulher preta no time de frente da imagem só não seria pouco se a equipe fosse um total de 2 pessoas; e não é, sabemos.”

Além do próprio Casimiro, figuras conhecidas do canal, como o narrador Luís Felipe Freitas e o comentarista Guilherme Beltrão, também integram o time da TV. A jornalista Fernanda Gentil e a comediante Valentina Bandeira são dois dos nomes mais famosos da transmissão, por exemplo. No dia anterior, a CazéTV sofreu com críticas dos internautas condenando as jogadores com manifestações machistas e preconceituosas. A manifestações fizeram com que o canal fosse fechado para os comentários do público, situação bastante incomum na internet.