Caio Souza é bronze na Copa de Ginástica Artística

O brasileiro faz bonito na Croácia e tem mais três chances de subir ao pódio neste domingo, quando disputa as finais do salto, argolas e barra fixa

O Brasil conseguiu uma medalha de bronze, dois quartos e um sétimo lugares nas finais da Copa do Mundo de Ginástica Artística neste sábado, em Osijek, na Croácia. Caio Souza subiu ao pódio nas barras paralelas, enquanto Arthur Nory quase subiu ao pódio no solo, Yuri Guimarães cometeu erros e fechou em sétimo. Lorrane Oliveira beirou o terceiro lugar nas barras assimétricas.

Caio Souza fez bela apresentação na final e celebrou muito a nota 14.533. Ele chegou a figurar no segundo lugar, mas depois acabou superado, ficando atrás apenas do ucraniano Illia Kovtun, o campeão, com 15.133, e do turco Ferhat Arican, que levou a medalha de prata com 14.533.

O brasileiro faz bonito na Croácia e tem mais três chances de subir ao pódio neste domingo, quando disputa as finais do salto, argolas e barra fixa. Vivendo sua Melchor fase da carreira, o ginasta é uma das apostas do País para brigar por medalha no individual geral do Mundial da Antuérpia, na Bélgica, que ocorre em outubro.

Arthur Nory queria o bronze no solo e chegou perto, com apresentação de 13.666 para um quarto lugar. Já Yuri Guimarães registrou uma queda e recebeu somente 12.500, acabando na penúltima colocação. Eddie Penev foi o campeão, com 14.100, batendo o turco Ahmet Onder (13.800) e o húngaro Kristzofer Meszaros (13.733).

Uma queda no meio da apresentação nas barras assimétricas custou a presença de Lorrane Oliveira no pódio. Com nota 12.866, ela manteve o sonho do pódio até a última apresentação, quando acabou superada e também despencou para o quarto lugar. A holandesa Naomi Visser levou o ouro com 14.333, seguida por Georgia Godwin, da Austrália, com 13.700 e a prata, e Barbora Mokosova, da Sérvia, cravando 13.300 para buscar o bronze.