Náutico busca virada e bate o Vitória na Copa do Nordeste

Timbu esteve atrás no placar duas vezes, mas levou a melhor no fim

Náutico busca virada e bate o Vitória na Copa do Nordeste

Sem perder para o Vitória há quase 10 anos, o Náutico visitou o clube baiano no Barradão, nesta quinta-feira (23), pela Copa do Nordeste. As duas equipes travaram um duelo equilibrado, com o Timbu vencendo após sair atrás no placar duas vezes durante o confronto. 

O resultado levou o Náutico para a 2ª colocação do Grupo B, com 10 pontos, enquanto o Vitória se mantém na 6ª posição do Grupo A, com 2 pontos e ainda sem nenhum triunfo na competição.

O Jogo

Após o Náutico quase marcar um gol relâmpago, o Vitória reagiu rapidamente e abriu 1 a 0 com apenas 2 minutos de partida. Osvaldo foi mais rápido que a zaga alvirrubra e recebeu livre dentro da área para marcar. Mas a reação do Timbu não demorou muito. Aos 11, Mangabeira empatou de cabeça após cobrança de escanteio de Kayon.

Os donos da casa retomaram a vantagem aos 18 minutos depois de uma belíssima jogada coletiva dentro da área adversária. Thiago Lopes recebeu com o gol aberto e só precisou empurrar para as redes. O terceiro gol rubro-negro quase chegou aos 30 minutos, quando o Vitória aproveitou um vacilo do Timbu, com a bola chegando em Léo Gamalho, que chutou para a defesa de Vagner.

O Náutico ameaçou um empate no finalzinho da primeira etapa, quando Victor Ferraz recebeu cruzamento rasteiro de Souza, mas não aproveitou a chance e mandou a bola para fora. Os pernambucanos chegaram melhor para o segundo tempo, levando perigo com Souza e Mangabeira, mas pecando no último toque.

O Timbu deixou tudo igual novamente aos 14 minutos, após o zagueiro Railan, do Vitória, desviar de cabeça um cruzamento na área e marcar contra. A virada alvirrubra chegou aos 30 minutos, quando Souza levantou bola na área e Victor Ferraz subiu livre para colocar o Timbu na frente do placar pela primeira vez na partida. Aos 44, Camutanga finalizou dentro da área, mas Vagner defendeu. No vai e vem, a bola acabou voltando para o zagueiro do Vitória, que isolou.

Ficha Técnica

Competição: Copa do Nordeste

Local: Barradão (Salvador)

EC Vitória: Lucas Arcanjo; Zeca (Railan); Dankler; Camutanga; Lazaroni (João Lucas); Léo Gomes; Rodrigo Andrade (Pedro Bicalho); Diego Torres (Wellington Nem); Thiago Lopes; Osvaldo (Rafinha); Léo Gamalho. Técnico: Léo Condé.

Náutico: Vágner; Victor Ferraz (Diego Ferreira); Paulo Miranda; Denilson; Alan Cardoso; Juan Gauto; Jean Mangabeira; Souza (Nathan); Paul Villero (Odivan); Kayon (Régis Tosatti); Júlio (Jael). Técnico: Dado Cavalcanti.

Gols: Osvaldo e Thiago Lopes (VIT); Jean Mangabeira, Railan (contra) e Victor Ferraz (NAU)

Arbitragem: Rafael Carlos Salgueiro Lima (AL)

Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Ruan Luiz de Barros Silva (AL)

Cartões amarelos: Dankler, Zeca, Léo Gamalho, Camutanga (VIT); Souza, Juan Gauto, Régis Tosatti; Odivan (NAU)