Banana é atirada na direção de Richarlison após gol da seleção diante da Tunísia

Uma cena lamentável marcou o início do jogo entre Brasil e Tunísia em amistoso nesta terça-feira, no Parque dos Príncipes, em Paris. Após o segundo gol da seleção brasileira, assinalado por Richarlison, um banana foi atirada no gramado do estádio francês. Desde os primeiros movimentos do amistoso o clima de hostilidade foi notado tanto dentro […]

Uma cena lamentável marcou o início do jogo entre Brasil e Tunísia em amistoso nesta terça-feira, no Parque dos Príncipes, em Paris. Após o segundo gol da seleção brasileira, assinalado por Richarlison, um banana foi atirada no gramado do estádio francês.

Desde os primeiros movimentos do amistoso o clima de hostilidade foi notado tanto dentro como fora de campo. Logo após o primeiro gol brasileiro, marcado por Raphinha, e o empate tunisiano, com Montassar Talbi, alguns torcedores começaram a direcionar lasers em direção aos jogadores do Brasil e ao árbitro.

Outra marca do primeiro tempo do jogo entre Brasil e Tunísia foi o número de faltas violentas. Neymar foi um dos principais alvos. Foi notado também que outros objetos foram direcionados ao goleiro brasileiro Alisson.

O estádio Parque dos Príncipes está contando com um elevado número de torcedores da Tunísia, que estão em maioria. Alguns têm acendido sinalizadores, ação proibida dentro dos estádios.

Após marcar o terceiro gol da seleção, Neymar comemorou com o punho cerrado em direção ao céu, que é reconhecido com um gesto antirracista.

Quando Raphinha fez o quarto gol brasileiro em Paris, Tite vibrou como se fosse um gol de final de Copa do Mundo e foi prontamente abraçar Vinicius Junior e Éder Militão.