Advogada diz que Karol nunca quis prejudicar Militão

O zagueiro do Real Madrid processou a ex-namorada e pede indenização por danos morais

Advogada diz que Karol nunca quis prejudicar Militão

A advogada de Karoline Lima disse que ela está impactada com a ação judicial movida por Éder Militão, que pede R$ 45 mil por danos morais. No processo, o zagueiro do Real Madrid e Seleção Brasileira também pede que a ex seja proibida de postar conteúdos sobre ele.

“A Karol jamais quis prejudicar a carreira do Éder, muito pelo contrário e tudo isso será demonstrado em nossa defesa”, comentou a advogada ao UOL. Ela indicou que já prepara a defesa da influencer.

Na Justiça, Militão alega que Karoline vem prejudicando sua imagem e que os seguidores dela passaram a persegui-lo. O Facebook e o Instagram também foram citados no processo.

O casal se separou no início de julho, quando a influencer estava no fim da gravidez. O jogador é criticado nas redes sociais por ter abandonado a família.

No contexto do término, Karol desabafou sobre a relação com Militão e revelou que sentiu dores nas últimas semanas da gestão enquanto o marido estava nas melhores baladas de Miami.