Vasco encara o Tombense para manter vantagem no G-4

Sem vencer há dois jogos, os cariocas precisam reconquistar a confiança da torcida

Vasco encara o Tombense para manter vantagem no G-4

Novamente com São Januário lotado, o Vasco volta a campo neste sábado, às 11h, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Sem vencer há dois jogos, os cariocas precisam reconquistar a confiança da torcida, que já tinha esgotado os ingressos antes mesmo da última rodada, algo que está virando rotina. O adversário será o Tombense, que também busca o reencontro com a vitória para se aproximar do G-4.

A aprovação da venda da SAF para a 777 Partners motivou a torcida vascaína, mas dentro de campo o Vasco não correspondeu. Na última terça-feira, fez o primeiro jogo após a venda e foi derrotado pela Ponte Preta, por 3 a 1, em Campinas (SP). Permaneceu com 39 pontos, em quarto lugar, e perdeu a chance de aumentar ainda mais a vantagem para o quinto colocado. O que pode manter o torcedor confiante é o retrospecto em casa. O time cruzmaltino ainda não foi derrotado, somando sete vitórias e cinco empates.

O Tombense, que ficou no empate sem gols com o lanterna Vila Nova, em casa, pode se tornar um adversário direto, porque tem 33 pontos e sonha encostar no G-4. Para isso, porém, precisa melhorar seu desempenho como visitante. Em 11 jogos, conquistou apenas uma vitória, além de seis empates e acumulou quatro derrotas. No primeiro turno, em Muriaé (MG), houve empate por 1 a 1.

O Vasco segue com o comando do técnico interino Emílio Faro, já que um novo treinador só deve chegar após o fim da implementação da 777 Partners como dona da SAF. Ulisses, Gabriel Dias e Riquelme continuam como desfalques, todos lesionados. Por outro lado, Yuri Lara, Palácios e Nenê voltam a ficar à disposição após cumprirem suspensão.

Nenê provavelmente retomará a titularidade, com Alex Teixeira jogando como ponta. Assim, quem corre risco de deixar o time é Gabriel Pec porque Marlon Gomes jogou muito bem contra a Ponte Preta, em seu primeiro jogo como titular, e pode ganhar nova chance. Yuri Lara reassume a posição no lugar de Zé Gabriel no meio-campo e o lateral-direito Matheus Ribeiro, que estreou no decorrer do último jogo, briga com Léo Matos. Este será o primeiro jogo que Alex Teixeira inicia jogando desde sua volta ao clube, após 13 anos no exterior.

Emílio pediu para que os jogadores deixem a derrota para trás e continuem focados no acesso. “Temos que quebrar o retrovisor e enxergar a próxima partida, onde teremos casa cheia. Precisamos nos manter focados no acesso, que vamos conseguir com certeza. A derrota passou e vamos tirar lições. Vamos observar o Tombense e criar estratégias para o jogo contra eles”, projetou.

No lado do Tombense, o técnico Bruno Pivetti terá o retorno do volante Zé Ricardo, que cumpriu suspensão. Além disso, o atacante Keké está recuperado de lesão, mas deve começar no banco. Há disputa também no setor defensivo, com Diego Ferreira e David como opções na lateral-direita e Ednei e Joseph na zaga.

Pivetti sabe que encontrará um clima muito desfavorável, mas pediu inteligência para seus jogadores. “Vamos enfrentar uma grande equipe, em uma atmosfera com o apoio da torcida. Precisamos ser inteligentes e estratégicos para fazermos o jogo encaixar em São Januário e a gente sair com um resultado positivo”, apontou o caminho.