Athletico-PR identifica torcedores acusados de racismo

Clube informou que o caso foi enviado à Câmara de Ética e Disciplina

seg, 01/08/2022 - 20:50
Reprodução/Twitter/Athletico-PR Clube informou que o caso foi enviado à Câmara de Ética e Disciplina Reprodução/Twitter/Athletico-PR

A diretoria do Athletico-PR anunciou, por meio de suas redes sociais, que identificou os torcedores que foram filmados fazendo gestos racistas na partida com o São Paulo neste domingo, na Arena da Baixada, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

Na postagem, o clube paranaense informa que o caso foi enviado à Câmara de Ética e Disciplina. O passo seguinte é encaminhar as informações para as autoridades competentes a fim de dar sequência à investigação para que a eventuais providências sejam tomadas.

O caso está entregue à Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe). Na nota divulgada pelo clube, o Athletico reforçou o repúdio a "quaisquer atos de racismo e que nunca tolerará comportamentos racistas dentro da instituição."

Nesta partida em que o Athletico-PR venceu o São Paulo por 1 a 0, o time paulista registrou um boletim de ocorrência envolvendo teor preconceituoso. O clube do Morumbi alegou que um funcionário foi vítima de racismo e relatou ainda que torcedores são-paulinos sofreram agressões de cunho racista nas arquibancadas.

Tons e ofensas homofóbicas também foram registradas. A Arena da Baixada tem sido palco de manifestações preconceituosas. Samuel Santos, do Londrina, acusou um torcedor do Athletico-PR de injúria racial em partida do Campeonato Paranaense. Na final da Copa do Brasil de 2021, um outro caso foi registrado. Uma torcedora do rubro-negro do Paraná foi flagrada imitando um macaco dentro do estádio.

COMENTÁRIOS dos leitores