Roberto Fernandes culpa 'detalhes' pela má fase do Náutico

Treinador se defendeu das críticas e lamentou as baixas no elenco

por Thiago Seabra qui, 23/06/2022 - 18:36
Rafael Bandeira/LeiaJáImagens/Arquivo Roberto Fernandes, treinador do Náutico Rafael Bandeira/LeiaJáImagens/Arquivo

O técnico Roberto Fernandes responsabilizou os ‘pequenos detalhes’ pela má fase que o Náutico vem passando na Série B. O treinador se defendeu das críticas sofridas pela nova lesão de Kieza e lamentou as baixas no elenco.

''Hoje, em relação aos próximos adversários, a gente precisa corrigir pequenos detalhes, dar ênfase àquilo que vem funcionando e que, por detalhes, não está se transformando em gols. Com isso acontecendo, independente do adversário, a gente vai ter uma condição boa de pontuação nesses próximos três jogos'', disse Roberto.

O técnico lamentou as baixas causadas por lesões dentro do elenco alvirrubro, mas garantiu que o trabalho segue focado em procurar soluções. ‘’Estamos numa sequência de jogos em que sempre vamos para o próximo jogo um pouco mais fragilizados do que no anterior. Para esse jogo, a gente não vai contar com Kieza, não conta com Carlão e Rhaldney é dúvida. Então, isso tudo pesa, mas estamos trabalhando focando na solução’’, comentou.

Roberto aproveitou para se defender das críticas que sofreu por causa da nova lesão de Kieza. Após a partida contra o Sport, o comandante alvirrubro chegou a comentar que a substituição do atacante tinha sido recomendada no intervalo de jogo. Dessa vez Roberto falou que não houve veto.

“As barbaridades que eu ouvi sobre a questão do Kieza é o inverso da coisa. Você está jogando um clássico, termina o primeiro tempo atrás do placar e tem a sua principal esperança de gol apta a voltar. Tudo existe um feedback. Kieza quis retornar e não foi vetado por ninguém. Volta e sofre uma infelicidade. Mas, para glória divina, a lesão foi na outra perna. Porque essa pressão desordenada não pode nos atingir. Senão, vamos ficar malucos”, explicou. O Náutico enfrenta o Tombense, fora de casa, neste domingo.

COMENTÁRIOS dos leitores