Santa Cruz terá reta final complicada na fase de grupos

Time coral terá que vencer adversários da parte de cima da tabela

por Thiago Seabra qua, 22/06/2022 - 09:00
Rafael Bandeira/LeiaJáImagens/Arquivo Santa Cruz terá reta final complicada na fase de grupos Rafael Bandeira/LeiaJáImagens/Arquivo

Ainda restam quatro partidas para o Santa Cruz disputar nesta primeira fase da Série D. Mas a situação tricolor ficou mais complicada, após a derrota por 2x0 para o Jacuipense, no último domingo (19), no Arruda.

Com a saída do G4, o Santa Cruz caiu para a 5ª posição, com 12 pontos, obtendo um aproveitamento de 40%, restando quatro rodadas. Segundo o site Chance de Gol, para conseguir a classificação e jogar a segunda fase, a Cobra Coral deve somar mais 9 pontos, chegando ao total de 21, o que lhe garantiria 99.5% de chances de atingir o seu objetivo.

A próxima missão será diante do Atlético de Alagoinhas, na segunda-feira (27), na Arena Cajueiro, fechando a 11ª rodada. Após isso, o Santa Cruz enfrentará Juazeirense, Asa de Arapiraca e Sergipe, sendo visitante apenas na partida contra a equipe arapiraquense. O tricolor ainda não venceu como visitante nesta edição da Série D.

A missão não será fácil, tendo em vista que três dos próximos quatro oponentes se encontram na parte de cima da tabela, também brigando pela classificação. Juazeirense figura na 4ª colocação com 13 pontos; o ASA é o líder, com 18, e o Lagarto é o vice-líder, com 17. 

O Santa Cruz também não conseguiu vencê-los na primeira fase. Empate em 0 a 0 com o Lagarto, em Sergipe; derrota para o ASA por 2x1, no Arruda, e derrota para a Juazeirense, na Bahia, por 1x0.

‘’Nós temos confrontos diretos com as equipes que estão na nossa frente, isso é muito bom. Só dependemos de nós para chegar entre os quatro primeiros’’, disse o zagueiro Alemão, em entrevista coletiva no Arruda.

O defensor revelou qual era a ideia do planejamento para a reta final da primeira fase e projetou as próximas rodadas. ‘’Tínhamos o objetivo de vencer todos os três jogos que faltavam no Arruda. A gente praticamente garantiria a classificação, mas, infelizmente, a gente teve o revés. Agora vamos buscar essa pontuação fora. A matemática é mais ou menos essa: vencer os dois jogos em casa e buscar os outros pontos fora’’, completou.

COMENTÁRIOS dos leitores