Náutico perde para o Vila Nova e se afasta do G4

Os pernambucanos ficaram com os mesmos 35 pontos, agora em sétimo lugar

sex, 10/09/2021 - 23:40
HEBER GOMES/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO Arthur, jogador do Vila Nova-GO, disputa lance com Rhaldney, jogador do Náutico HEBER GOMES/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

O Vila Nova conquistou importante vitória na noite desta sexta-feira (10), quando recebeu o Náutico e venceu por 1 a 0, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Clayton fez o único gol da partida no final do primeiro tempo.

Com o resultado, o Vila Nova ganhou duas posições e agora aparece em 14º lugar, com 26 pontos. Três pontos a mais que o Vitória (17º) e primeiro time na zona de rebaixamento. Além disso, os goianos chegaram ao terceiro jogo sem derrota, sendo duas vitórias e um empate.

Já o Náutico perdeu a chance de encostar no G4 - grupo de acesso - e pode ver a briga pelo acesso ficar ainda mais complicada. Os pernambucanos ficaram com os mesmos 35 pontos, agora em sétimo lugar.

Mesmo fora de casa, o Náutico pressionou o Vila Nova e criou as melhores chances de gol no início do primeiro tempo. Aos 15, Luiz Henrique foi até a linha de fundo e cruzou para Paiva, que chegou atrasado e não conseguiu finalizar.

Sentindo o bom momento, os pernambucanos seguiram no ataque e voltaram a criar aos 18, quando Djavan aproveitou sobra na entrada da área e finalizou forte, de primeira, obrigando o goleiro Georgemy a fazer ótima defesa.

Mas o Vila Nova aos poucos conseguiu equilibrar a partida e também chegou ao campo ofensivo. Aos 23, Arthur Rezende cruzou na área e Rafael Donato, de cabeça, quase balançou as redes. E, aos 47, os goianos abriram o placar. Clayton foi lançado e finalizou cruzado, sem chances de defesa.

No segundo tempo, o Náutico priorizou o toque de bola, mas custou a encontrar espaços na forte marcação do Vila Nova. Tanto é que foram raros os momentos em que os jogadores do time pernambucano conseguiram espaço para finalizar ao gol. A saída foi alçar bolas na área, todas sem perigo.

Após muita insistência, o Náutico poderia ter empatado aos 18 minutos. Após ótima tabela, Álvaro recebeu na pequena área, sem marcação, mas furou na hora da finalização, desperdiçando uma chance incrível.

O Vila Nova, apesar da cautela em campo, chegou com perigo em bolas paradas com o meia Arthur Rezende. Mas o foco do time goiano foi em manter a forte marcação e segurar a vitória até o apito final, estratégia que deu certo.

O Vila Nova volta a campo na sexta-feira para enfrentar o Coritiba, às 19 horas, no Couto Pereira, em Curitiba (PR). Já o Náutico, no sábado, visitará o Botafogo-RJ, às 16h30, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 1 X 0 NÁUTICO

VILA NOVA - Georgemy; Moacir, Rafael Donato, Renato Silveira e Bruno Collaço; Pedro Bambu (Renan Mota), Dudu e Arthur Rezende (Alan Grafite); Kelvin (Maná), Clayton (Tiago Real) e Alesson (William Formiga). Técnico: Higo Magalhães.

NÁUTICO - Alex Alves; Hereda (Giovanny), Rafael Ribeiro, Camutanga e Bryan; Djavan (Matheus Trindade), Rhaldney (Juninho Carpina), Luiz Henrique (Thássio) e Jean Carlos; Vinicius e Paiva (Alvaro). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOL - Clayton, aos 47 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).

CARTÕES AMARELOS - Dudu e Arthur Rezende (Vila Nova); Rafael Ribeiro, Matheus Trindade e Rhaldney (Náutico).

RENDA E PÚBLICO - Portões fechados.

LOCAL - Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO).

COMENTÁRIOS dos leitores