Apresentado, Brigatti elogia 'base' deixada por Martelotte

O treinador afirma ter como característica o futebol ofensivo e acredita poder implantar seu método de trabalho com os jogadores que já estão no Arruda

por César Lui sex, 19/02/2021 - 12:16
Rafael Melo/Santa Cruz João Brigatti foi goleiro do Santa Cruz em 1995 Rafael Melo/Santa Cruz

Foi apresentado, nesta sexta-feira (19), o novo técnico do Santa Cruz, João Brigatti. Ele chegou acompanhado pelo auxiliar Bazílio Amaral já para comandar a equipe em treinamento no turno da tarde.

Em entrevista coletiva Brigatti externou seu sentimento e respeito por agora poder comandar a equipe coral de Recife. “Quero externar aqui minha alegria, meu orgulho de poder estar vestindo essa camisa de um clube fantástico como é o Santa Cruz. De uma torcida maravilhosa, apaixonante. Já tive o prazer de poder trabalhar como atleta aqui. Em 1995, fomos campeões. Eu sei como é o fanatismo dessa torcida, de um clube de massa que a gente tem que saber respeitar e respeitar muito”, disse.

Em relação ao elenco, o treinador disse estar muito satisfeito, devido à campanha do Santa Cruz na Série C de 2020. “Infelizmente pela cultura do Brasil a gente só viu o resultado final. Não foi de alcançar o objetivo que era o acesso, mas o Martelotte fez um excelente trabalho, deixou uma base muito boa para 2021”, elogiou.

O treinador afirma ter como característica o futebol ofensivo e acredita poder implantar seu método de trabalho. “Lógico que a gente vai analisar muito bem esse elenco, mas dá sim para implantarmos nosso modelo de jogo com esses atletas que aqui estão. Claro que vamos estar atentos ao mercado, mas só se for para trazer atletas para somar juntamente com esse elenco.”

O treinador encerrou a coletiva mandando um recado para a torcida tricolor. “Vocês podem ter certeza que nós vamos honrar a camisa do Santa Cruz buscando a cada jogo as vitórias necessárias para que a gente possa alcançar nossos objetivos”, finalizou.

COMENTÁRIOS dos leitores