Com protocolo rígido, NBB testa novo formato

Competição de basquete começa nesta terça-feira (10)

ter, 10/11/2020 - 08:44
Pixabay . Pixabay

A bola sobe nesta terça-feira para o início da temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil (NBB). A principal novidade do torneio será o formato, com todo o primeiro turno realizado em etapas sediadas por causa da pandemia do novo coronavírus.

A partida de abertura será entre Campo Mourão, do Paraná, e Fortaleza Basquete Cearense, no Maracanãzinho, no Rio, às 17 horas. O ginásio vai receber no mesmo dia o jogo entre Flamengo e Minas, a partir das 20h. Unifacisa, da Paraíba, e Pato Basquete, do Paraná, são os outros times que vão atuar nesta sede no começo do NBB.

Outro local que será utilizado no início da competição será o ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes. Lá vão jogar Corinthians, Franca, Bauru, São Paulo, Paulistano, Pinheiros, Brasília e Cerrado Basquete, além, claro, do time da casa.

A Liga Nacional de Basquete definiu outros cinco locais de jogos até o final do primeiro turno, em 12 de janeiro: os ginásios Antônio Prado Jr. (Paulistano), Henrique Villaboim (Pinheiros), Antônio Galvão (São Paulo), Wlamir Marques (Corinthians), além de Brasília.

"Eles (NBB) tiveram um tempo para se organizar, escolher bem as cidades-sede e acredito que todos devem cooperar durante a competição para que todos se cuidem e colaborem com a parte de higienização, de seguir o protocolo, sem aglomeração, para fazer um primeiro turno", afirmou Lucas Bebê, reforço do Fortaleza Basquete Cearense para esta edição.

A LNB elaborou um protocolo bastante rígido, com ajuda do médico infectologista Max Igor Banks Ferreira Lopes, do Hospital das Clínicas da USP. Os médicos Cláudio Cardone (Flamengo), Diogo Vilar (Unifacisa) e Diego Gadelha (Unifacisa) também participaram da processo, que foi baseado em documentos de outras ligas, como NBA e ACB da Espanha.

Entre as principais medidas do protocolo estão o veto ao público nos ginásios e a divisão dos locais dos jogos em três áreas, para favorecer o distanciamento social, além da realização de testes com frequência. Os atletas e profissionais dos clubes farão um teste a cada três ou quatro dias - em períodos de jogos.

A tabela do segundo turno ainda não foi divulgado pela LNB e vai depender da situação da pandemia no Brasil. Com 16 equipes, apesar da novidade com sedes, o NBB terá os playoffs no mesmo formato das temporadas anteriores, com exceção da última, que foi encerrada antes do previsto e sem campeão por causa da covid-19.

COMENTÁRIOS dos leitores