Kleina aponta mudanças ofensivas no time, mas pede tempo

Treinador elogiou as peças do Náutico e garantiu que o elenco tem opções para 'jogo apoiado'

por Luan Amaral sex, 21/08/2020 - 18:30
Caio Falcão/CNC Treinador elogiou as peças e garantiu que o elenco tem opções para 'jogo apoiado' Caio Falcão/CNC

Apresentando oficialmente nesta sexta-feira (21) como novo treinador do Náutico, Gilson Kleina falou pela primeira vez. O técnico, que elogiou bastante seu antecessor Gilmar Dal Pozzo, deu indícios de mudanças no modelo de jogo, mas pediu cautela.

Mirando a primeira vitória na Série B, ele garantiu que as perspectivas são de melhora. E, para isso, o treinador preza pelo que ele chamou de 'futebol apoiado'. "Quando você opta para tentar fazer um jogo apoiado, para ser protagonista durante o jogo, é necessário ter alguns tipos de construção e o tempo é o maior desafio para nós (...) nós temos jogadores com essas características de propor o jogo", garantiu.

Porém, Kleina ainda ressaltou que não se monta equipe de uma hora para outra e que o Náutico não vai deixar, pelo menos no primeiro momento, de ser reativo. O treinador faz sua estreia no comando da equipe neste sábado (22), contra o Juventude, nos Aflitos.

COMENTÁRIOS dos leitores