Nos pênaltis, Santa Cruz passa pelo Náutico e vai à final

Time tricolor vai decidir o Campeonato Pernambucano contra Salgueiro ou Afogados

por Geraldo de Fraga qui, 30/07/2020 - 00:00
Rafael Melo/Santa Cruz Santa Cruz vai decidir o Campeonato Pernambucano contra Salgueiro ou Afogados Rafael Melo/Santa Cruz

Saiu o primeiro finalista do Campeonato Pernambucano 2020. O Santa Cruz, líder da primeira fase e invicto, bateu o Náutico, nesta quarta-feira (29), na Arena, e agora decide o título contra Salgueiro ou Afogados. Mas não foi fácil, a partida terminou 0 x 0 no tempo normal, com o Timbu assustando e sendo até melhor em boa parte da partida. Pipico perdeu um pênalti durante os 90 minutos, mas fez nas cobranças. Maycon Cleiton pegou dois e foi o herói da noite.

O JOGO

O Náutico começou todo atrás, mas foi do Timbu a primeira grande chance de abrir o placar. Aos 19 minutos, Jorge Henrique recebeu sozinho na área, mas cabeceou para fora. Aos 26, o Santa respondeu. Jefferson saiu jogando errado e entregou a bola nos pés de Didira. O meia tricolor dominou e bateu, mas acabou acertando a trave.

O Náutico saiu mais para o jogo na segunda etapa e passou a dominar a partida. Mas quem apareceu em campo foi a polêmica. Primeiro, o Timbu pediu pênalti quando a bola pegou no braço de Célio Santos. O árbitro mandou seguir, mas um minuto depois, marcou a favor do Santa Cruz quando a bola pegou na mão de Carlão.

Só que na cobrança de Pipico, Jefferson defendeu. Até o fim, o placar permaneceu em branco e a decisão foi para os pênaltis. A maioria acertou, mas Thiago e Djavan pararam nas mãos de Maycon Cleiton e a decisão acabou 7 x 6 para o Santa Cruz, que volta à final do Campeonato Pernambucano, após três anos.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Pernambucano

Local: Arena de Pernambuco

Santa Cruz: Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William Alves (Célio Santos) e Fabiano; André, Paulinho, Didira (Tinga) e Derlis Alegre (João Cardoso); Victor Rangel (Jeremias) e Pipico. Técnico: Itamar Schulle

Náutico: Jefferson; Hereda, Carlão, Rafael Ribeiro e Wilian Simões (Erick Daltro); Rhaldney (Wagninho), Jhonnatan (Jean Carlos), Jorge Henrique (Djavan) e Thiago; Erick e Kieza. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Arbitragem: Rodrigo Pereira

Assistentes: Clovis Amaral e Bruno Vieira

Cartões amarelos: André, Danny Morais e William Alves (SAN); Wilian Simões, Erick Daltro e Carlão (NÁU)

COMENTÁRIOS dos leitores