NBA define corte de 25% nos salários dos jogadores

Ficou definido que os jogadores ainda receberão o salário integral em 1º de maio

sab, 18/04/2020 - 08:04
Pixabay Pixabay

Os jogadores da NBA terão seus salários reduzidos em 25% a partir de 15 de maio, na primeira decisão que afeta as finanças dos atletas durante a pandemia do coronavírus. A definição pelo corte foi tomada nesta sexta-feira (17) em uma reunião com a associação dos atletas.

Ficou definido que os jogadores ainda receberão o salário integral em 1º de maio. Mas essa corte já era esperado como uma resposta à inatividade iniciada em 11 de março e que não tem qualquer indicação de quando poderá ser finalizada.

De acordo com a programação inicial, a temporada regular 2019/2020 teria se encerrado na última quarta-feira, com os playoffs começando neste sábado. Nesse momento, porém, ainda faltam 259 jogos a disputar, pois não houve qualquer cancelamento.

"Com este acordo e para fornecer aos jogadores um cronograma de redução salarial gradual, a redução parcial de 25% começará com o pagamento que acontece duas vezes por mês e estava programado para 15 de maio", relatou a NBA em um comunicado à imprensa.

Caso a temporada não seja retomada, novos cortes salariais serão realizados nos pagamentos seguintes, previstos para os dias 1º e 15 de junho. A redução era esperada porque o acordo coletivo entre os jogadores e a liga a prevê por causa de "eventos de força maior", como uma pandemia. Nos termos do contrato, os jogadores podem perder 1,08% do seu salário anual para cada partida cancelada.

COMENTÁRIOS dos leitores