Hélio dos Anjos: ''Agredi um torcedor que se aproximou''

Treinador do Paysandu fez duras críticas à arbitragem após partida nos Aflitos

por Luan Amaral dom, 08/09/2019 - 21:38
Foto: Jorge Luiz/Paysandu Foto: Jorge Luiz/Paysandu

Depois de ver muito perto a classificação para série B 2020, o Paysandu levou o gol nos acréscimos de pênalti. Nas penalidades alternadas, Jefersson defendeu cobrança e levou o Timbu ao acesso. O treinador do Papão, ex-Náutico, Hélio dos Anjos, falou sobre o jogo e reclamou muito da arbitragem e da invasão de campo, confirmando que agrediu um torcedor.

“O Paysandu jogou bem o tempo todo. Fez 2x0, podia ter feito mais, podíamos ter tomado mais”, começou dizendo. Sobre a arbitragem, Hélio se mostrou muito “revoltado”, como ele mesmo disse: “O Paysandu foi penalizado por um árbitro. O único jogo que não usou FIFA foi com a gente. Eu só queria que o Gaciba (presidente da comissão de arbitragem da CBF) explicasse por que colocou dois árbitros gaúchos. Toda comissão do Nautico é gaúcha. Revoltante”, salientou.

Perguntando sobre a invasão de campo que aconteceu após a confirmação do acesso, ele afirmou: “Os jogadores não foram agredidos, mas o torcedor que se aproximou de mim eu agredi. Meu problema não é o Náutico, é a arbitragem brasileira”, cravou. “Eu queria que Gaciba explicasse. Porque Vuaden se ele não era FIFA? Quem vai pagar é o clube. Vi hoje meu time ser roubado”, disparou o treinador.

COMENTÁRIOS dos leitores