Sport vira sobre o Internacional e respira na Série A

Leão segue na vice lanterna, mas, pelo menos, voltou a pontuar no Brasileirão

sex, 05/10/2018 - 20:56
Chico Peixoto/LeiaJáImagens Chico Peixoto/LeiaJáImagens

O Sport venceu. Na Ilha do Retiro, nesta sexta-feira (5), diante de um dos líderes do Brasileirão, a vitória tinha mesmo que ser na raça. De virada, o Leão bateu o Internacional por 2 x 1. O resultado não tirou o time pernambucano da vice lanterna da competição, mas fez o clube voltar a respirar na competição.

O JOGO

O primeiro tempo foi movimentado, com o Sport melhor durante os 45 minutos inteiros, porém, chance de gol que é bom: nada. O Leão errava muitos passes, principalmente próximo à área colorada. Já o time gaúcho não conseguia furar o bloqueio rubro-negro.

Porém, o segundo tempo teve um lance perigo logo no primeiro minuto. Bela jogada do Internacional, até que a bola chegou em Patrick, que puxou para a perna esquerda e soltou a bomba. Bem posicionado, Magrão espalmou. Após o susto, o Sport recuperou as rédeas do jogo, mas seguia pecando na ataque.

E então veio o castigo. Aos 21, D'Alessandro, que tinha entrado no lugar de Rossi, achou Nico López entrando pela direita. O uruguaio saiu na cara do gol e mandou para as redes, fazendo 1 x 0.

O Leão não desistiu e, aos 32, conseguiu o empate. Em cobrança de escanteio o jovem zagueiro Adryelson subiu mais do que a defesa colorada e mandou de cabeça do canto esquerdo do goleiro Marcelo Loma, fazendo a Ilha do Retiro ferver.

Empurrado pela torcida, o Leão foi pra cima e o segundo gol veio com uma falha bizarra do sistema defensivo gaúcho. Charles errou o passe, Fellipe Bastos ficou com a bola e lançou Mateus Gonçalves que bateu na saída do goleiro e virou a partida.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro da Série A

Local: Ilha do Retiro (Recife)

Sport: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Sander; Marcão (Fellipe Bastos), Jair, Gabriel (Matheus Peixoto) e Marlone (Rafael Marques) e Mateus Gonçalves; Michel Bastos. Técnico: Milton Mendes

Internacional: Marcelo Loma; Fabiano, Klaus, Emerson Santos e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick, Camilo (Charles) e Nico López; Rossi (D'Alessandro) e Pottker (Jonatan Álvez). Técnico: Odair Hellmann

Arbitragem: André Luiz de Freitas (GO)

Assistentes: Bruno Pires (GO) e Cristhian Passos (GO)

Gols: Adryelson e Mateus Gonçalves (SPO); Nico López (INT)

Cartões amarelos: Jair e Sander (SPO); Fabiano (INT)

Público: 9.979

Renda: R$ 53.510

COMENTÁRIOS dos leitores