Everton sobre o momento do Sport: 'Clima muito ruim'

Meia rubro-negro não escondeu que os problemas do clube acabam pesando entre os jogadores

por Thayná Aguiar qui, 26/04/2018 - 10:20
Paulo Uchôa/LeiaJá Imagens/Arquivo Everton Felipe afirma que para esquecer os problemas, tem que focar no jogo contra o Paraná Paulo Uchôa/LeiaJá Imagens/Arquivo

Em menos de uma semana, o Sport viveu momentos de muita intensidade. Na última segunda-feira (23), o Leão empatou com o Botafogo, na Ilha do Retiro. Já na terça (24), o treinador Nelsinho Baptista fez fortes críticas à diretoria rubro-negra e deixou o comando clube. Em resposta a Nelsinho, a diretoria falou sobre os acontecimentos e ao final do dia, o auxiliar técnico Daniel Paulista foi demitido.

Nessa quarta-feira (25), o presidente Arnaldo Barros convocou uma entrevista coletiva para falar da atual situação financeira do clube. Na ocasião, ele respondeu às críticas da torcida à sua gestão. Por fim, o Sport ainda anunciou Claudinei Oliveira como o mais novo treinador.

Em entrevista coletiva ontem, no Centro de Treinamento rubro-negro, o meia Everton Felipe afirmou que os inúmeros acontecimentos não se restringem apenas à direção ou comissão, mas que também afeta o elenco. "Não vou chegar aqui e falar mentira de que não atinge. Atinge sim. O grupo não fica bem com essa situação. É complicado. Fica um clima muito ruim, muito pesado. Mas tem que aprender a lidar com isso. Aprender a explicar algumas coisas e deixar algumas coisas fluirem. O mais importante é focar nos três pontos que é o que a gente mais precisa", disse.

"Queria muito vir aqui e falar que está tudo bem, mas não está. Mas a gente tem que trabalhar nessa situação que a gente tem. A gente não pode baixar a cabeça e esperar a fase passar sem fazer nada. A fase vai passar quando a gente começar a ter resultados dentro de campo. Todo mundo sabe que no futebol é assim, se o time começa a ganhar, tudo começa a fluir de maneira bem dinâmica, tudo começa a ficar bom do nada. E se vier resultado negativo, tudo piora. O Sport está passando por um momento muito difícil. Eu nunca tinha passado por isso aqui. Mas faz parte. Temos que manter o foco, tentar tirar da cabeça tudo isso que está acontecendo. É difícil, mas não tem o que fazer. A gente tem contrato com o clube. Está atrasado algumas coisas? Está. Mas o clube vai dar um jeito de pagar esses débitos, mas para isso o resultado tem que aparecer dentro de campo", completou.

Mesmo com tantas novidades, o meia Everton Felipe afirma que a melhor maneira de esquecer os problemas é focando no próximo jogo do Sport, que será domingo (29), contra o Paraná, em Curitiba. "Nós, do futebol, temos que aprender a lidar com essas situações que vão acontecer em vários momentos da carreira. As trocas de treinadores em momentos que ninguém espera. Mas é seguir em frente, continuar trabalhando. A gente não vem aqui para esconder o que está acontecendo dentro do clube. Mas eu sou atleta do Sport, todos os  jogadores são atleta do clube, todos têm contrato e temos que cumprir com as obrigações. A gente tem o jogo domingo, e o treinador que vier agora, que é o Claudinei, temos que trabalhar e ficar focados no jogo", disse.

LeiaJá também

--> Arnaldo sobre Nelsinho: "Nossa intenção não era demitir"

COMENTÁRIOS dos leitores