Dornelas explica intensidade nas cobranças com a equipe

UNINASSAU voltou a vencer pela LBF, desta vez sobre Presidente Venceslau

por Renato Torres seg, 13/03/2017 - 22:10
Brenda Alcântara/LeiaJáImagens/Arquivo Treinador precisou mudar a intensidade nas cobranças durante o jogo Brenda Alcântara/LeiaJáImagens/Arquivo

Para quem chegou a abrir 20 pontos de vantagem durante a partida contra Presidente Venceslau, o UNINASSAU Basquete até que suou para garantir a vitória no final da partida nesta segunda-feira (13). O time pernambucano conseguiu voltar a vencer, 80x68, e já pensa no jogo seguinte, na próxima quarta-feira (15).

"Coseguimos marcar bem, finalzinho bobeamos, mas deu para segurar. Temos alguns erros, mas vamos trabalhar para não repetir na quarta-feira", disse Tássia, armadora da equipe pernambucana. 

Se o time oscilou em quadra, o técnico Roberto Dornelas também mudou de intensidade durante a partida. Horas mais bravo, outras mais calmo. Nada que seja novidade, já que o treinador sabe que cada uma de suas atletas responde a estímulos diferentes.

"Tivemos algumas falhas, principalmente em quem finaliza, que fica com a última bola. Erramos muito com a Joice e a Jeanne, mas arrumamos lá mesmo. Tivemos problemas de lesões, o piso atrapalha muito. Mas isso de alternar a intensidade é porque é feminino, tem que saber como tratar cada uma delas para tirar o melhor. Algumas respondem com mais pressão, outras com menos", completou. O próximo jogo da UNINASSAU Basquete é contra o mesmo Presidente Venceslau, na quarta-feira , às 20h, mais uma vez com transmissão do LeiaJa.com.

COMENTÁRIOS dos leitores