Seleção masculina perde para a Austrália no polo aquático

Duelo com a seleção australiana foi uma prévia do confronto que vai ocorrer na fase de grupos dos Jogos Olímpicos do Rio

qua, 11/05/2016 - 11:34

A seleção masculina do Brasil caiu no seu segundo compromisso na fase preliminar e intercontinental da Liga Mundial de Polo Aquático, que está sendo realizada em Yokohama, no Japão. Nesta quarta-feira (11), a equipe sofreu o seu primeiro revés na competição ao perder para a Austrália por 13 a 9.

O duelo com a seleção australiana foi uma prévia do confronto que vai ocorrer na fase de grupos dos Jogos Olímpicos do Rio. E o Brasil viu os adversários abrirem vantagem no placar após fecharem o primeiro período vencendo por 2 a 1. Ao fim do segundo, o marcador estava em 6 a 2. E a Austrália iniciou o quarto e último ganhando por 12 a 5. Só aí a seleção brasileira esboçou alguma reação, insuficiente, porém, para evitar a derrota.

Grummy foi um dos artilheiros da partida ao marcar três gols pelo Brasil, assim como os australianos Aidan Roach e Mitchell Emery anotaram três vezes. Ádria, Bernardo Gomes, Bernardo Reis, Josip e Perrone (dois) fizeram os outros gols da seleção brasileira, que não conta com o goleiro Slobodan Soro, pois a Federação Internacional de Natação ainda não autorizou a naturalização do sérvio. "Nós não tivemos concentração, não estávamos focados hoje. Eles abriram uma grande vantagem e foi um resultado muito ruim. Cometemos muitos erros na defesa, que é a coisa que mais me preocupa, e nós não tivemos atividade suficiente no ataque. Talvez a equipe hoje mostrou como não jogar", afirmou Ratko Rudic, treinador da seleção brasileira.

Nos outros jogos da segunda rodada, disputados nesta quarta-feira, o Casaquistão, que havia perdido para o Brasil na estreia, superou a China por 15 a 10. Já os Estados Unidos derrotaram o Japão por 17 a 14. Com isso, resta apenas uma seleção invicta no torneio, a norte-americana, com dois triunfos, enquanto os chineses estão do lado oposto, com duas derrotas. Brasil, Japão, Austrália e Casaquistão somam um triunfo e uma derrota.

O Brasil volta a jogar na fase intercontinental da Liga Mundial nesta quinta-feira, às 4 horas (de Brasília), diante da China. Os quatro primeiros colocados se classificam para a Fase Final, mas a seleção chinesa também tem presença garantida na etapa decisiva, por ser a anfitriã, em Huizhou. Assim, na prática, apenas uma seleção participante em Yokohama não vai se classificar para a Fase Final da Liga Mundial. No ano passado, o Brasil conseguiu um inédito terceiro lugar no torneio.

COMENTÁRIOS dos leitores