Ganso e Neymar concorrem a prêmio sul-americano

por Victor Bastos seg, 26/12/2011 - 16:35
Sergio Savarese/Wikimedia Commons Ganso passou boa parte da temporada se recuperando de lesões Sergio Savarese/Wikimedia Commons

Desde 1986, o tradicional jornal uruguaio “El País” promove o prêmio de melhor jogador da América do Sul. Nessa temporada, as duas principais joias do futebol brasileiro estão na disputa: Paulo Henrique Ganso e Neymar.

O meia e o atacante, respectivamente, brilharam no Santos na conquista do título da Libertadores. Na concorrência, os principais rivais pela honraria é o chileno Eduardo Vargas, destaque da Universidad de Chile na conquista da Copa Sul-Americana e, atualmente atleta do Napoli, e ídolo do Boca Junior, Juan Román Riquelme.

Além deles, outros jogadores também disputam o prêmio. São eles: o volante Arévalo Ríos, ex-Botafogo e titular da seleção uruguaia campeã da Copa América; o lateral equatoriano Néicer Reasco, que já defendeu o São Paulo e neste ano foi vice-campeão da Sul-Americana pela LDU; o goleiro chileno Johnny Herrera, ex-Corinthians e atualmente na Universidad de Chile; e o zagueiro argentino Rolando Schiavi, que atuou pelo Grêmio e está no Boca Juniors; os laterais Emiliano Papa (Vélez Sarsfield) e Clemente Rodríguez (Boca Juniors) e o atacante Hernán Barcos (LDU).

O vencedor será escolhido através de uma votação que conta com a participação de cerca de 200 jornalistas sul-americanos. O último “campeão” foi o meia argentino Andrés D'Alessandro, do Internacional. Neymar, que disputou pela primeira vez, ficou em terceiro lugar.

Desde que o prêmio passou a ser concedido pelo "El País", quatro brasileiros já o conquistaram: Bebeto (1989), Raí (1992), Cafu (1994), Romário (2000).

COMENTÁRIOS dos leitores