Mulher na Vara celebra o empoderamento feminino em Olinda

Agremiação sai há mais de 30 anos no Carnaval de Olinda para celebrar o empoderamento feminino

Mulher na Vara celebra o empoderamento feminino em Olinda

Foto: Rachel Andrade

Entre as infinitas irreverências que o Carnaval de Olinda apresenta, as histórias por trás de alguns blocos despertam a curiosidade dos foliões que vêm festejar os dias de Momo na Cidade Alta. É o caso do bloco Mulher na Vara, que saiu na manhã deste domingo (11), da Rua da Boa Hora, no bairro do Varadouro.

Desfilando desde 1993, o Mulher na Vara surgiu entre um grupo que queria levar uma amiga, com o pé machucado, para as ladeiras de Olinda. Dessa forma, eles tiveram a ideia de carregá-la com a ajuda de uma vara, para ajudar sua locomoção.

Além da história inusitada, a agremiação também representa o empoderamento feminino e a liberdade de ir para onde quiser.

“Valorização da mulher, que ela se sinta linda, maravilhosa, empoderada, e que a gente faça um desfile exemplificando todas as mulheres que existem na Terra”, afirmou uma das diretoras do bloco, Eduarda Casanova, a alegoria

Nesse sentido, acrescentou: “as mulheres que quiserem se sentir empoderadas podem subir na vara”.

Foto: Rachel Andrade/LeiaJá

Mulher na Vara atrai as novas gerações

Ainda que seja um bloco com algumas décadas de história, o Mulher na Vara surpreende ao arrastar as novas gerações para as ruas de Olinda.

A exemplo disso, o jovem Joaquim, de 12 anos, que veio com a família para celebrar seu primeiro carnaval. “Espero ver muito calor, música e diversão”, afirmou, ainda na concentração da agremiação.