Mucha Lucha leva ringue e diversão para o Carnaval de Olinda

O Mucha Lucha chegou a sua 17ª edição com o sucesso dos golpes coreografados e das máscaras mexicanas usadas pelos integrantes

Mucha Lucha leva ringue e diversão para o Carnaval de Olinda

O Mucha Lucha levou seu ringue de luta livre mais uma vez ao Carnaval de Olinda. O bloco atraiu amantes do estilo telecatch neste domingo (11), no Alto da Sé.

O Mucha Lucha chegou a sua 17ª edição com o sucesso dos golpes coreografados e das máscaras mexicanas usadas pelos integrantes.

A performance no modelo “concentra, mas não sai” virou tradição. A criatividade do grupo foi abraçada pelas crianças, que entram no ringue para participar da brincadeira.

“As crianças tão amando. [O bloco] Tá virando quase um bloco infantil”, disse o idealizador Fabiano Guerra, que se torna El Meia Tonelada para cair na folia.

Fabiano conta ainda que o bloco surgiu como uma resposta ao padrão musculoso dos super-heróis que dominam o carnaval.

“Eles apanham de um bocado de gordinho que tem barriga”, brincou o idealizador. “A mensagem é brincadeira. Como tudo no carnaval não faz sentido”, continuou.

A diversão não se confundiu com violência mesmo com o apelo da luta livre. No fim, o Mucha Lucha reforça que o lugar de briga é dentro de um ringue, não no meio do Carnaval.