Heróis tomaram conta do Carnaval de Olinda neste domingo

O bloco Enquanto Isso na Sala de Justiça levou heróis e vilões para frevar no Alto da Sé

Heróis tomaram conta do Carnaval de Olinda neste domingo

Foto: Victor Gouveia

O Enquanto Isso na Sala de Justiça já arrastava foliões em Olinda antes da moda do cosplay. O bloco completou 29 anos de história neste domingo (11) e colocou heróis e vilões para frevar no Alto da Sé.

O universo geek selou uma trégua para curtir o Carnaval. Personagens que marcaram época nos quadrinhos e nas telas de cinema dominaram Olinda.

O advogado e professor Gustavo Freire aproveitou o sucesso de Jason Mamoa nas telonas e se fantasiou de Aquaman.

Ele conta que a grande missão é se manter hidratado fora dos oceanos, mas que a interação com os foliões faz valer a pena.

“O carnaval no fim de contas é você sentir o abraço das pessoas. Eu gosto desse calor”, disse.

Olinda também contou com a presença do Super-Homem. O funcionário Hugo Menezes perdeu a mão no preenchimento e levou para uma versão ainda mais musculosa para o carnaval.

Foto: Victor Gouveia/LeiaJá

Rodeado por crianças para tirar foto, ele conta da importância de incentivar que as próximas gerações mantenham o Carnaval vivo.

“É responsa grande porque vem com a energia dessa criançada toda aqui que é o futuro do carnaval. Então, a gente sempre tá aqui para incentivar para poder conseguir levar o Carnaval para a eternidade”, comentou Hugo.