Trio infantil de frevo comove foliões em Olinda

Com idades entre 9 e 11 anos, João, Guilherme e Lucas fazem do muro de casa, um dos polos afetivos do Carnaval de Olinda

Trio infantil de frevo comove foliões em Olinda

Meninos mostram talento nas ladeiras de Olinda. Foto: Júlio Gomes/LeiaJá

O muro de uma casa na Estrada do Bonsucesso, no Sítio Histórico de Olinda, tem se tornado uma espécie polo afetivo da folia na cidade. Com idades entre 9 e 11 anos, três alunos da banda marcial da Escola Maria da Glória, no bairro de Guadalupe, tem se tornado sucesso nas redes sociais, executando clássicos do frevo pernambucano para foliões e moradores do bairro.

De acordo com Lucas, já fazem dois anos que trio ingressou na banda da escola e passou a ter aulas de música com o professor Nildo da Tuba.

“Ele é legal, brincalhão, uma pessoa muito boa. A primeira música que me ensinou a tocar foi ‘Anunciação’, de Alceu Valença. Aí eu já gostei do frevo”, lembra.

Aos poucos, os ensinamentos adquiridos na banda escolar, passaram a ser exercitados no muro da casa de Guilherme Silva, de 11 anos, o trompetista do grupo.

“O frevo traz alegria, um sentimento forte. O pessoal gosta muito da gente, sempre batem palmas e pedem para tirar fotos e vídeos”, conta Guilherme.

O caçula do grupo, João Santos, de 9 anos, diz que quer ser músico quando crescer.

“Eu ainda estou aprendendo a tocar. Mas quero viver de música, porque me divirto tocando. Um dia posso dinheiro com isso, mas agora só quero me divertir no carnaval”, conclui.