Diagnosticada com doença rara, saúde de Céline Dion piora

Os maiores sintomas de quem tem a Síndrome da Pessoa Rígida são os espasmos dolorosos, movimentos involuntários e rigidez muscular extrema

Diagnosticada com doença rara, saúde de Céline Dion piora

Tempos difíceis para Céline Dion. Não é de hoje que a cantora enfrenta altos e baixo quando se trata da saúde. Logo depois de ser diagnosticada com a Síndrome da Pessoa Rígida, em 2022, a canadense precisou cancelar shows e se afastar dos holofotes por conta da doença rara. Contudo, parece que as coisas pioram, já que nenhum remédio está funcionando no tratamento.

Os maiores sintomas de quem tem a Síndrome da Pessoa Rígida são os espasmos dolorosos, movimentos involuntários e rigidez muscular extrema, podendo até aumentar de tamanho até atingir o corpo todo. Em entrevista ao Le Journal de Montreal, a irmã de Céline, Claudette Dion, contou que ela está morando com a família e lutando bravamente contra a doença.

“Quando ligo para ela e ela está ocupada, falo com minha irmã Linda, que mora com ela e me diz que está trabalhando muito. Ela está ouvindo os melhores pesquisadores no campo desta doença rara, tanto quanto possível. A certa altura, seu coração e seu corpo estão tentando lhe dizer algo. É importante ouvi-lo.”

E a síndrome preocupa a todos em volta de Dion, já que ela não responde a nenhum remédio.

“Não conseguimos encontrar nenhum remédio que funcione, mas ter esperança é importante.”