Ícone da MPB, Sueli Costa morre aos 79 anos, no Rio

O falecimento da artista foi divulgado nas redes sociais de sua sobrinha e afilhada, Fernanda Cunha. A causa da morte não foi revelada pelos familiares

Ícone da MPB, Sueli Costa morre aos 79 anos, no Rio

Na manhã deste sábado (4), morreu a cantora e compositora paraense Sueli Costa, aos 79 anos. Ícone da MPB, ela escreveu canções como “Jura Secreta”, gravada por Fagner, “20 Anos Blues”, interpretada por Elis Regina e “Face a Face”, imortalizada na voz de Simone.

O falecimento da artista foi divulgado nas redes sociais de sua sobrinha e afilhada, Fernanda Cunha. A causa da morte não foi revelada pelos familiares. “Minha rainha, meu amor, minha tia e madrinha, foi descansar. Velório será neste Domingo no São João Batista as 11 horas. Avisaremos o número da capela até o final do dia”, escreveu.

Nascida em uma família de músicos, Sueli é filha de uma pianista e cantora, que ministrava aulas de canto coral. Ainda na adolescência, aprendeu sozinha a tocar a violão. Aos 18 anos, compôs sua primeira canção, “Balãozinho”.

No início de sua carreira, a artista paraense contou com a ajuda de Nara Leão no início de sua carreira, em 1967. Em 50 anos de carreira, lançou seis álbuns e foi gravada por intérpretes como Elis Regina (“Altos e Baixos”), Maria Bethânia (“Coração Ateu”), Beth Carvalho (“Rosa Vermelha”), Gal Costa (“Vida de Artista”), Fagner (“A Canção Brasileira e Jura Secreta”), Simone (“Jura Secreta”), Fafá de Belém (“Dentro de mim mora um anjo”), dentre outros artistas.