Coquetel Molotov terá palco exclusivo da Natura Musical

Festival e marca de beleza se unem pela quinta vez

Coquetel Molotov terá palco exclusivo da Natura Musical

Natura Musical e No Ar Coquetel Molotov, pela quinta vez, somam forças para fazer um dos festivais de música mais esperados do País, com um sabor especial de reencontro depois de edições online por conta do período pandêmico. Este ano o evento acontece no dia 19 de novembro e conta com o Palco Natura Musical: uma superestrutura montada bem ao lado da famosa Concha Acústica. É lá onde se apresentarão artistas consagrados e contemplados por Natura Musical, como Letrux, Rico Dalasam, Jup do Bairro e Djuena Tikuna. Mas o line-up não para por aí e está recheadíssimo de nomes incríveis.

Abrindo a programação do Palco Natura Musical, o público vai poder conferir o encontro da Orquestra Jovem de Pernambuco com Karina Buhr. O show é uma bela homenagem ao maestro Rafael Garcia, fundador da orquestra, falecido no ano passado, além de celebrar os 30 anos do pernambucano Movimento Manguebeat. Cai a tarde e vem Djuena Tikuna, cantora do povo Tikuna, a maior nação indígena do País. Na sequência chegam Ivyson e Louise: ele um artista que mistura indie rock com maracatu e ela, a filha do ícone Chico Science.

O cantor, compositor, intérprete e instrumentista, Marcos Valle, deve surpreender o público que ainda não conhece o trabalho do artista que tem quase seis décadas de trajetória dedicada à música brasileira. Já a banda Jovem Dionísio, conhecida pelo recente viral Acorda Pedrinho, promete ir além do hit e mostrar saborosas composições de indie pop.

Quem também vem e está sendo super esperada é a cantora e compositora paulista, Jup do Bairro, que mostra as composições do seu primeiro EP, Corpo Sem Juízo. Estreando no festival, Rico Dalasam é um cantor e compositor que ganhou destaque como rapper, pioneiro no rap Queer, trazendo pautas como diversidade sexual, raça e gênero.

A programação do festival vai reunir a banda francesa The Psychotic Monks, conhecida por suas músicas cheias de elementos do rock psicodélico, garage rock, post-rock, pós-punk, rock experimental e noise rock. E, fechando de cadeado de ouro, Uana traz o seu som cheio de referências do brega, do brega funk, do funk carioca e beats contemporâneos.

“Ao apoiar festivais como o Coquetel Molotov buscamos alavancar o impacto positivo social e econômico da música brasileira. Para isso, entendemos que apoiar festivais de cada canto do Brasil é decisivo para essa finalidade. Os eventos estimulam todo o ecossistema da música e seus ritmos diversos, graças ao seu potencial de formar público e criar pontes entre artistas e audiência”, afirma Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding Natura.

Além do Palco Natura Musical, o público do festival será impactado por outras ações da marca. Pensando nas muitas horas de show sob o sol e o calorão de novembro na capital pernambucana, a Natura oferece, por meio de promotores volantes espalhados pelo festival, doses de Natura Fotoequilíbrio, loção de ação imediata com proteção solar contra os raios UVA e UVB, além de FPS 60 e FPUVA 20. Com a textura leve, não oleosa, fácil de espalhar e de rápida absorção não vai comprometer a produção e make.

Em meio ao universo de experimentações, a marca também investe na distribuição de brindes da linha Faces e amenidades de Ekos: assim, quem gosta de maquiagem também vai poder dar um up no carão com batons da Linha Faces e também se jogar no brilho do Gel Glitter Natura Faces, que pode ser usado no corpo ou no rosto, é livre de plástico e não mancha as roupas. Seguindo o objetivo de que o belo é ser saudável, o público também poderá conhecer hidratantes corporais da linha Ekos.

Da assessoria