Carro de afiliada do SBT é incendiado no Espírito Santo

Funcionário da emissora foi agredido durante a ação

Uma equipe de reportagem da TV Tribuna, afiliada do SBT no Espírito Santo, passou por momentos de tensão. Na última terça-feira (11), em Vitória, profissionais da emissora foram ameaçados enquanto faziam uma matéria. Durante o trabalho deles, no Complexo da Penha, o carro da equipe acabou sendo incendiado.

Enquanto a turma da repórter Suzy Faria cobria um confronto, que teve ataque a um ônibus por conta da morte de um traficante, um funcionário do canal capixaba acabou sendo agredido. O veículo da TV Tribuna também foi alvo de tiros.

“O dia hoje termina triste para o jornalismo porque um carro da nossa equipe foi incendiado e um colega foi ameaçado. Triste porque o nosso trabalho é mostrar o que acontece. Sempre vai ter alguém que vai estar lutando pela justiça, e o meu colega, que vai ser pai, não merece de jeito nenhum o que aconteceu com ele”, disse Suzy, no Instagram.

Em nota, o SBT repudiou a situação: “O SBT declara profundo repúdio pela violência sofrida nesta terça-feira, 11 de outubro, pela equipe de reportagem da TV Tribuna, sua afiliada em Vitória (Espírito Santo). Durante a cobertura de um confronto entre policiais e criminosos no Complexo da Penha, um carro de reportagem da TV Tribuna foi incendiado e alvo de tiros”.

“Além disso, o motorista da emissora, que estava dentro do veículo, foi arrastado para fora do mesmo e agredido por traficantes. A emissora irá acompanhar as medidas tomadas pelas autoridades locais para garantir que o caso seja cuidadosamente apurado e oferece apoio à TV Tribuna e à sua equipe de jornalismo”, finalizou o comunicado.