Alcides será estuprado por Tenório em Pantanal

Cena ocorrerá nos próximos capítulos da novela

Alcides será estuprado por Tenório em Pantanal

Desde que descobriu o romance entre Maria Bruaca e Alcides, Tenório está apenas esperando pela oportunidade de se vingar do peão. Segundo informações do site oficial do remake da novela Pantanal, o personagem de Murilo Benício escolherá a forma mais cruel possível para punir seu inimigo: o estuprando. A experiência deixará cicatrizes emocionais tão profundas em Alcides, que ele conseguirá mais manter relações sexuais com a amada.

A violência ocorrerá nos próximos capítulos da atração das nove, trazendo um rumo diferente da primeira versão na novela, em que o personagem era castrado pelo patrão e tinha seu desfecho matando Tenório e jogando o corpo para as piranhas. Na versão de 2022, o peão acabará afundado na depressão após o episódio traumático e terá uma conversa com Zaquieu onde ele acabará ganhando um aliado que o ajudará a se reerguer e dar o troco.

No diálogo, o personagem de Silvero Pereira dirá:

– Você precisa falar com alguém, ou essa sua raiva vai te consumir para o resto da vida!

– Não quero que ninguém saiba disso nunca! Vou levar o que aconteceu e o maldito que fez aquilo comigo. Eu só não sei como, rebaterá Alcides.

Em seguida, Zaquieu insistirá que o amigo não possui motivos para se envergonhar do que passou.

– Você não tem nada do que se envergonhar.

– Ara… Como é que não tem?! Um sujeito que passa pelo que eu passei. Que foi currado.

– Você foi vítima de uma violência horrenda.

– O maldito devia ter me matado. Me deixar vivo foi a maior maldade que ele me fez.

A fala deixará do peão deixará o novato da fazenda indignado.

– Como você pode dizer uma coisa dessas? Você está vivo. A sua Maria ainda te quer bem.

– Mas o que ela quer de mim, ela não vai ter. E é nunca. Nem que eu quisesse.

Sem encontrar meios de consolar o personagem de Juliano Cazarré, ele oferecerá se juntar no plano de matar Tenório.

– Então eu te ajudo a matar o desgraçado.

– Para de besteira. Você não é homem para isso.

– Pois eu vou te provar o homem que eu sou. E te ajudar a perceber que você nunca deixou de ser o homem que é!

– Você está falando sério?

– Se você está disposto a fazer isso de qualquer jeito… Que escolha me resta, concluirá Zaquieu.