Conheça os desafios de ser mágico no Brasil

Se dedicar profissionalmente à arte do ilusionismo demanda dedicação e investimento

ter, 01/02/2022 - 18:17
Flickry/Martijn Van Veele Flickry/Martijn Van Veele

Nesta segunda-feira (31) se comemorou o Dia do Mágico, responsável por lembrar  os profissionais que, por meio da arte do ilusionismo, são capazes de oferecer entretenimento e surpreender o público que os acompanha. Instituída em 1934 pelo Papa Pio XI (1857-1939),  a data é uma  homenagem à morte do mágico João Bosco (1815-1888), considerado um grande mágico da igreja católica. Bosco foi canonizado e hoje é tido como o padroeiro dos mágicos.

Com um misto de talento e prática, os mágicos conseguem enganar a visão humana e realizar truques que parecem impossíveis. Ao assistir um show de mágica, as pessoas se perguntam como um ser humano é capaz de conseguir realizar tamanha façanha, o que leva a uma das frases mais conhecidas dos profissionais “um mágico não revela os seus segredos”, uma vez que o segredo é o principal encanto do espetáculo.

O mágico Felipe Barbinteresse no assunto tem aumentado muito e os profissionais precisam estar atentos para aproveitar essa oportunidade”, aponta.

Para Lazzaro, o maior desafio é adquirir material de estudo. “Embora a internet seja uma grande aliada, a maioria dos materiais bons são em inglês e comprados em dólar. O que faz necessário conhecer a língua e poder gastar um pouco”, ressalta.

Segundo Lazzaro, outro fator que também se torna um obstáculo, é que para atingir a perfeição dos truques, será necessário muito tempo e dedicação. “Então precisamos treinar muito em frente ao espelho e saber que em 90% das vezes, não somos apenas mágicos, mas também roteiristas, diretores, marketeiros, vendedores e técnicos de som”, descreve.

 O caminho para se tornar um mágico

Aos que desejam seguir com a profissão de mágico, Barbieri salienta que seu canal no YouTube, pode ser um excelente ponto de partida. “São centenas de vídeos, aulas, tutoriais e apresentações para aprender e se inspirar, com dicas, sugestões e indicações. Tenho dois cursos sobre o assunto e uma loja virtual totalmente dedicada a acessórios, livros, DVD’s e baralhos para mágica”, recomenda.

Para acompanhar o trabalho de Barbieri, acesse: https://www.youtube.com/c/FelipeBarbieri

Lazzaro salienta que o mercado brasileiro é extenso e existe espaço para qualquer pessoa que queira e esteja disposta a começar. “Para iniciar no ilusionismo, não basta saber mágica, tem que ser mágico. Faz parte da profissão o jeito de entreter, conquistar o público e até de se vestir”, explica.

O mágico recomenda a plataforma https://magicaonline.com.br/ , que segundo a definição dele, seria a Netflix do mundo da mágica. “Você tem acesso a conteúdos profissionais e de baixo custo. Além disso, me coloco à disposição para ajudar quem queira através das minhas redes sociais”, finaliza Lazzaro.

Acompanhe o trabalho de Lazzaro por meio do Instagram @artistamagico

COMENTÁRIOS dos leitores