Edital: ‘Recife AMA Carnaval’ prevê auxílio de R$ 10 mi

Iniciativa dedicada à cadeia produtiva do ciclo momesco foi lançada nesta sexta (14). Grupos contemplados receberão premiação equivalente a 100% do valor unitário de subvenção ou cachê

por Paula Brasileiro sex, 14/01/2022 - 13:37
Divulgação/Daniel Tavares/PCR Imagem Proposta foi lançada nesta sexta (14) pelo prefeito João Campos. Divulgação/Daniel Tavares/PCR Imagem

Após suspender as festas públicas de Carnaval neste ano de 2022, em virtude da pandemia do coronavírus e do surto de Influenza, o prefeito João Campos (PSB) assinou, nesta sexta (14), durante evento realizado no Forte das Cinco Pontas, o Projeto de Lei (PL) que cria o plano Recife AMA Carnaval, iniciativa dedicada à cadeia produtiva do ciclo momesco e que se divide em três dimensões: Apoio, Monitoramento e Ativação. 

Com investimentos da ordem de R$ 10 milhões, em recursos exclusivamente próprios,  a iniciativa visa contemplar agremiações e atrações artísticas que participaram do Carnaval recifense em 2019 e/ou 2020. Os contemplados terão direito a 100% do valor da subvenção ou cachê (valor unitário) recebido pela sua participação na programação. Na categoria de beneficiários individuais, será pago um valor fixo, tendo como referência um salário mínimo. O PL será encaminhado à Câmara Municipal do Recife.

O AMA também irá contemplar técnicos e demais trabalhadores que atuam nos bastidores das apresentações artísticas na preparação e realização da festa, além dos brincantes que participam dos concursos carnavalescos. Os pagamentos estão previstos para o período em que aconteceria o Carnaval e um edital que será lançado assim que a matéria for aprovada no legislativo.

Para receber o benefício, agremiações e atrações deverão se habilitar, confirmando os dados cadastrais que constam no sistema da Secretaria de Cultura, em prazo que será anunciado em breve. Para os técnicos e trabalhadores das demais cadeias produtivas culturais ligadas à festa, que não estão previamente cadastrados junto ao poder municipal, será lançado um edital específico, com as regras para autodeclaração e comprovação de atuação nos últimos festejos de Momo realizados na cidade, nos anos de 2019 e 2020. Destas categorias, serão beneficiados até mil profissionais.

 

COMENTÁRIOS dos leitores