Mais de 10 lançamentos para ‘turbinar’ a playlist

Confira algumas novidades que chegaram às plataformas digitais nos últimos dias

por Paula Brasileiro sex, 18/06/2021 - 12:21

A produção musical brasileira está a todo vapor. A primeira quinzena do mês de junho contou com ótimas surpresas e lançamentos surpreendentes dos mais variados gêneros. Confira alguns deles para ‘turbinar’ a sua playlist favorita. 

Tagore 

Divulgação/Bruna Valença

O pernambucano Tagore reuniu algumas fases importantes de sua carreira no álbum Ao ‘Vivo Nos Cosmos’.  O trabalho também antecipe Maya, seu próximo disco de estúdio, previsto para agosto.

Michelle Andrade

Divulgação

Abrindo uma nova fase na carreira, a cantora Michelle Andrade contou com a participação de Jonas Esticado para a música ‘Superou porranenhuma’. A canção aposta na sofrência e fala sobre alguém que ainda não superou um ex-amor. No clipe, a participação da irmã do jogador Neymar, Rafaella Santos.

Delacruz

Divulgação/@vicerosenblatt

O cantor Delacruz faz uma viagem de volta aos anos 1990 como single ‘Romântico 90’. Em parceria com o MC Marcinho, o artista relembra alguns funks clássicos da época como forma de homenagear os artistas daquele período. 

Braza

Reprodução/Instagram

A banda carioca Braza faz uma homenagem às periferias brasileiras no single ‘Avenida’. A canção traz uma mistura de kuduro e reggae e traz uma amostra do que virá no álbum do grupo, com lançamento previsto para o segundo semestre. 

Vitor Fernandes

Divulgação

O cantor Vitor Fernandes colocou na praça a primeira parte do DVD ‘Piseiro Romântico’. Gravado ao vivo em Fortaleza, com participações de Diego e Victor Hugo, Nattan, Dj Ivis e Caio Costa, o trabalho foi dividido em três partes que serão lançadas como EPs. O primeiro já está disponível nas principais plataformas digitais. 

Fernandinho Beat Box

Divulgação

Fernandinho BeatBox relembra o eterno rapper Sabotage no remix da música ‘Dama Tereza’. Conhecido pela arte de fazer sons com a boca, Fernandinho é um dos responsáveis por propagar esse subgênero do Hip Hop, o beatbox, no Brasil. 

Guma

Divulgação/Hannah Carvalho

A banda Guma passeia pelo new wave e o power-pop na faixa ‘Paraíso Astral’. Além disso, o trio colocou na praça uma live session gravada no Hotel Central, endereço tradicional da capital de Pernambuco, Recife. Ambos já estão disponíveis nas principais plataformas digitais. 

Cássio Oli

Divulgação/Moema França

O pernambucano Cássio Oli mistura suas influências do frevo e das bandas marciais no single Meu Bloco. A música também ganhou um videoclipe já disponível no canal do artista no YouTube.

Jr. Black, Cristina Amaral e Juliano Holanda

Divullgação

Jr. Black, Cristina Amaral e Juliano Holanda se juntaram para o nascimento do single ‘Miolo de Pão’. A música, um autêntico forró pé-de-serra, é dedicada ao período junino e faz uma reverência ao tradicional ritmo deste período. 

Bruno Lins

Divulgação

O cantor e compositor Bruno Lins questiona os motivos que levaram o planeta ao ponto que está no disco ‘Vou deixar pra chorar depois’. Com muito  reggae, rock e elementos regionais, o álbum traz 10 faixas inéditas e chega três anos após o último lançamento do artista, ‘Vereda caminho’. 

Ciel Santos

Divulgação/Surama Negromonte

O clássico ‘Eu também quero beijar’, de Pepeu Gomes, Moraes Moreira e Fausto Nilo, ganhou novos tons cheios de tropicalidade e sensualidade na releitura feita pelo pernambucano Ciel Santos. O single ganhou um clipe pensado para o formato IGTV, repleto de referências de moda, cultura, movimento Queer e comportamento das redes sociais. 

Péricles e Liniker

Divulgação

A dupla estreia o projeto ‘YouTube Black Voices’, com o single ‘O melhor do mundo’. O projeto visa promover os inúmeros talentos pretos espalhados pelo mundo. O single chega com um clipe cheio de cores propondo um clima alegre e cheio de energia.

Gloria Groove

Divulgação

Abrindo nova fase na carreira, a cantora Gloria Groove lança o single ‘Bonekinha’. Retomando a influência do pop em sua música, Groove também preparou um videoclipe cheio de referências aos anos 1990 e 2000. A música conta, ainda, com a participação da rapper Mirella, jovem talento de apenas 12 anos. 

Luan Santana

Reprodução/Instagram

Depois de muito suspense, saíram o single e o clipe de ‘Morena’. A escolhida para ser a morena de Luan Santana foi a modelo Nathália Barulich, que protagonizou a produção que aposta no romance em meio a uma investigação policial. 





 

COMENTÁRIOS dos leitores