Cinco filmes que exploraram o lado atriz de Xuxa Meneghel

Relembre os clássicos cinematográficos que foram eternizados pela rainha dos baixinhos

por Paulo Uchôa sab, 27/03/2021 - 15:07
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo Xuxa Meneghel coleciona inúmeros sucessos no cinema em quase 40 anos de carreira Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

Em 27 de março de 1963, na cidade de Santa Rosa, Rio Grande do Sul, nascia Maria da Graça Meneghel. A filha de Alda e Floriano logo esquecera o nome de batismo por causa do apelido Xuxa, dado carinhosamente pelo irmão Blad. Após deixar o Sul e viver com a família no Rio de Janeiro, Xuxa Meneghel viu sua rotina virar do dia para a noite. Modelo requisitada no final da década de 1970, e início dos anos 1980, a gaúcha se encontrou como apresentadora infantil.

Quando tinha 23 anos, Xuxa foi convidada por Maurício Sherman para comandar na Rede Manchete o programa Clube da Criança. Crua em frente às câmeras, a loira deu uma chacoalhada na TV brasileira ao ser contratada pela Globo. Chegando lá, ela montou o seu império. Sucesso de audiência, o Xou da Xuxa alavancou para dentro e fora do país o talento daquela menina que saiu de Santa Rosa para tentar a sorte em Bento Ribeiro, no subúrbio do Rio.

Querida por um monte de gente, sempre colecionando fãs por onde passava, Xuxa também foi parar no cinema. Protagonizando inúmeras histórias nas telonas, ela fincou sua entrega no universo do audiovisual. Para celebrar os 58 anos da eterna rainha dos baixinhos, completados neste sábado (27), o LeiaJá relembra cinco filmes que exploraram e marcaram o lado atriz de Xuxa Meneghel.

Super Xuxa Contra Baixo Astral

Lançado em 1988, o filme 'Super Xuxa Contra Baixo Astral' narrava a história de sucesso da estrela Xuxa. Sem a presença das Paquitas, o longa-metragem escrito e dirigido por Anna Penido, e também co-dirigido por David Sonneschein, abordou a vingança do ser Baixo Astral contra a loira, simplesmente por ela levantar a bandeira da bondade. Irritado com as ações dela, o personagem vivido na época por Guilherme Karan sequestra o cachorro Xuxo, um xodó da apresentadora. Sem saber o paradeiro do bichinho de estimação, Xuxa não mede esforços para resgatá-lo. A produção foi a terceira mais vista daquele ano, com orçamento avaliado em 1 milhão de dólares.

Lua de Cristal

Em 1990, os cinemas do Brasil ficaram lotados com a exibição de 'Lua de Cristal'. O filme estrelado por Xuxa Meneghel emocionou os espectadores país afora, mostrando a trajetória humilde da personagem Maria da Graça, que até então mesclava um pouco com alguns detalhes da vida de Xuxa. Dirigido por Tizuka Yamasaki, o filme continua até hoje na lista dos recordes de bilheteria. Logo no primeiro final de semana de exibição, 'Lua de Cristal' reuniu nas salas dos cinemas 920 mil pessoas. O longa também contou com a participação de Sérgio Mallandro, Júlia Lemmertz, Marilu Bueno e Cláudio Mamberti.

Xuxa Requebra

No final da década de 1990, Xuxa Meneghel prendeu a atenção de crianças, adolescentes e adultos com o filme 'Xuxa Requebra'. Interpretando a jornalista Nena, Xuxa abriu mão um pouco da fantasia e mirou na realidade. Disposta a salvar o orfanato onde foi criada, Nena reúne as pessoas do local para um concurso de dança. Mesmo com boas intenções, a repórter passa por maus bocados até conseguir deixar o orfanato intacto. Com participações do cantor Daniel e de Elke Maravilha, o filme foi assistido por cerca de 2 milhões de espectadores.

Xuxa Popstar

Dirigido por Paulo Sérgio de Almeida e Tizuka Yamasaki, 'Xuxa Popstar' foi um estouro de bilheteria em 2000. Distante do mundo fantasioso, o filme narrava a carreira de sucesso da modelo internacional Nicky. Após uma vida agitada nas passarelas, a beldade interpretada por Xuxa volta ao Brasil para encontrar Ricardo, vivido pelo ator Luigi Baricelli, que conheceu durante uma conversa na internet. Apesar de dar espaço ao romantismo, Nicky se transforma em uma bem-sucedida empresária da agência de modelos Popstar. Devido ao estouro da empresa, ela tem que lidar com a inveja de JP (Marcos Frota). Reunindo Claudia Rodrigues, Silvia Pfeiffer, Claudio Correâ e Castro, Luís Salém e Isabelle Drummond, 'Xuxa Popstar' levou para os cinemas cerca de 2,3 milhões pessoas.

Xuxa e os Duendes

Um ano após 'Xuxa Popstar', os fãs da apresentadora se deliciaram com mais um filme. Lançado em dezembro de 2001, 'Xuxa e os Duendes' voltou com o lúdico. A história se baseava em Kira, uma botânica que possuia dons de se comunicar com a natureza, mas sem saber que é uma duende. Sem lembranças do seu passado, Kira vai descobrindo aos poucos os detalhes da sua vida ao ser levada para o mundo da magia. Travando uma batalha com o mal, a personagem passa por revelações surpreendentes e encantadoras. Arrecadando mais de R$ 11 milhões nas bilheterias, 'Xuxa e os Duendes' teve a presença de Luciano Huck, Gugu Liberato, Ana Maria Braga, Emiliano Queiroz, Angélica e Wanessa Camargo.

COMENTÁRIOS dos leitores