Modelo plus size desfila para a Chanel

Grife de luxo muda seu olhar ao incorporar diversidade corporal em sua coleção

por ter, 03/03/2020 - 18:04

Como era do costume de Karl Lagerfeld, Vivienne Viard – sucessora do Kaiser, na Maison – transformou o Grand Palais em uma pista fantasiosa, como tudo que engloba o mundo Chanel, para a finalização de mais uma temporada de moda em Paris. Dando passos mais evolutivos do que o ultimo estilista da grife, Viard decidiu fazer algo que há tempos não era visto num desfile da Chanel: Pela primeira vez, em 10 anos, uma modelo plus-size cruzou a passarela ao lado de nomes como Gigi Hadid e Kaya Gerber (filha da consagrada modelo dos anos 90, Cindy Crowford).

Jill Kortleve, modelo holandesa, atravessou o Grand Palais vestindo uma jaqueta de veludo preta e calças detalhadas com botões de pérola, marcando um grande avanço da ótica da grife através da estreia de Kortleve, que também desfilou para outras marcas como Fendi, Valentino e foi principal modelo da Alexander McQueen, também nessa temporada de semana de moda.

A modelo holandesa Jill Kortleve. Foto: Reprodução/Instagram

 Sobre a coleção, Vivienne apresentou os famosos tweeds pertencentes a casa, imaginados em ternos, vestidos e casacos e o mood também transitou na oferta entre calças pretas fluídas detalhadas com botões pop, desconstruindo o arquivo Chanel não apenas na construção das roupas, mas também na forma em que foram exibidas, visto que as modelos entravam em pares na passarela, conversando de forma despretensiosa, chamando atenção de fashionistas como Camila Coelho que definiu a coleção como ‘’a melhor em tempos’’ através do post em seu Instagram.

 

Por Junior Coneglian

 

COMENTÁRIOS dos leitores