Artistas repudiam o secretário da cultura Roberto Alvim

Após vídeo publicado nas redes sociais com tom duvidoso, alguns famosos se manifestaram a respeito do secretário

por Paula Brasileiro sex, 17/01/2020 - 11:58

O secretário nacional da cultura, Roberto Alvim, foi um dos assuntos mais comentados da internet na manhã desta sexta (17). O motivo foi um vídeo gravado por ele para anunciar um novo edital de fomento às artes. O tom usado no discurso, no entanto, chocou os brasileiros devido à similaridade com alguns aspectos de propagandas nazistas. Os famosos também se manifestaram e muitos, como Luciano Huck e Zélia Duncan, repudiaram a atitude. 

LeiaJá também

--> Jair Bolsonaro deve demitir Roberto Alvim

No Twitter, a cantora Zélia Duncan chamou o secretário de "ator canastrão": "Definitivamente o fracasso subiu à cabeça do patético encarregado da falta de Cultura,Roberto Alvim...ator canastrão,diretor fracassado, encontrou nesse governo desafinado e brega, seu frágil êxtase nazista-fetichista.Faltou o bigode,pro fã do crime aparentar  melhor com o ídolo". O humorista Gregório Duvivier comentou o vídeo de Alvim usando a mesma plataforma: "Será que o pessoal tá fingindo que é nazista pra ninguém ver que tá roubando ou tá fingindo que rouba pra ninguém ver que é nazista?".

O ator José de Abreu comparou o secretário ao presidente Jair Bolsonaro: "O canalha Roberto Alvim conseguiu ser pior que o mentecapto capitão". Já o apresentador Luciano Huck, lembrou sua origem judia para repudiar a fala de Alvim: "Seis milhões de judeus morreram por causa do nazismo. O holocausto é um fato histórico. Usar a cultura para fazer revisionismo histórico é perverso, atrasado e violento. O vídeo do secretário Roberto Alvim é criminoso. Infame".

 

COMENTÁRIOS dos leitores