Inteligência artificial vai ajudar Warner a definir filmes

Nova estratégia visa driblar fracassos nas bilheterias

por Paula Brasileiro sex, 10/01/2020 - 09:16
Reprodução/Twitter A estratégia visa driblar fracassos nas bilheterias Reprodução/Twitter

A Warner Bros. decidiu mudar os métodos na hora de escolher quais serão os próximos lançamentos nos cinemas. O estúdio vai trocar a opinião pública pela inteligência artificial. A estratégia visa driblar os últimos fracassos da Warner nas bilheterias. 

Segundo o jornal The Hollywood Reporter, a Warner Bros. contratou a startup Cinelytic para estudar os parâmetros que determinarão suas novas produções. A pesquisa de mercado tradicional será descartada e, em seu lugar, será usada inteligência artificial para calcular o potencial de determinados projetos. 

A estratégia será usada para evitar novos insucessos, como aconteceu com Liga da Justiça, que custou mais de US$ 100 milhões e não trouxe o resultado esperado. O fundador da Cineltyc, Tobias Queisser, falou sobre o processo. "O sistema pode calcular em segundos o que costumava levar dias para ser avaliado por um ser humano quando se trata de avaliação geral de pacotes de filmes ou do valor de uma estrela". 

 

COMENTÁRIOS dos leitores