Cid Moreira diz que cachorras foram mortas por vingança

Jornalista declarou que os animais de estimação haviam sido envenenados após noticiar prisão de bandido no 'Jornal Nacional'

por Paulo Uchôa sex, 10/05/2019 - 10:36

O jornalista Cid Moreira usou a sua conta oficial do Instagram para fazer um desabafo emocionante. Na postagem, Cid contou que na época de âncora do "Jornal Nacional" teve que noticiar a prisão de um bandido. Após a reportagem ser exibida, as duas cachorras dele foram envenenadas.

"Certa vez, eu estava anunciado, durante o JN, um 'bandido' perigoso que havia sido pego pela polícia. E no dia seguinte a viralatinha que eu amava apareceu morta envenenada. Corri com ela para o veternário e não adiantou. [...] Dois dias depois mais uma morreu", escreveu.

No texto, Cid revelou também que uma colega havia ido para o Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro. Chegando na redação de jornalismo da Globo, a repórter encontrou com ele e disse que um detento perguntou para ela "como estavam as cachorras do Cid Moreira". 

"O bandido disse a repórter que o pai dela havia sofrido um infarte porque o filho foi chamado de bandido pelo Cid Moreira! Vejam só!", completou. Depois do caso de violência contra as duas cachorras, Cid Moreira se mudou em uma semana de Jacarepaguá, Zona Oste do Rio.

Confira a mensagem na íntegra:

COMENTÁRIOS dos leitores