Obra de mostra em prol do Outubro Rosa é vetada por nudez

"As pessoas tem que parar de associar nu artístico à pornografia", reclamou o artista

qua, 25/10/2017 - 11:37

O artista plástico Caio Cruz pediu "socorro" nas redes sociais nessa terça-feira (24). O motivo foi a censura em uma das obras de sua exposição 'Peito Aberto', em prol do Outubro Rosa - campanha de conscientização do câncer de mama -  sob a justiicativa de que a pintura continha 'conteúdo pornográfico'. Um hospital que havia recebido cinco quadros do artista, queria colocar um pano preto em cima da obra que retrata uma mulher nua, sem uma das mamas.

"Estão vetando uma exposição minha! Socorro! Estão querendo colocar um pano preto nas obras que tem nu artístico", postou o artista. "Conversei com os responsáveis e eles decidiram não colocar o pano preto, mas tiraram a obra da exposição", complementou mais tarde.

Em todas as obras, que não foram vetadas em exposição no Teatro Municipal de Vila Velha, Caio Cruz retrata mulheres que passarama por mastcetomia (remoção da mama). "As pessoas tem que parar de associar nu artístico à pornografia", reclamou em outra postagem. A pintura censurada é uma releitura de "O nascimento de Vênus" do artista italiano renascentista Botticelli (abaixo).

Depois da repercussão, as obras foram retiradas do hospital que vetou a imagem e foram levada novamente ao Teatro Municipal, onde seguirão em exposição até o dia 19 de novembro.

COMENTÁRIOS dos leitores