Morre, no Rio de Janeiro, a atriz Marília Pêra

Atriz faleceu na manhã deste sábado (5), em casa, por volta das 6h

por Naiane Nascimento sab, 05/12/2015 - 09:41
Reprodução/YouTube Atriz morreu aos 72 anos, em sua casa, no Rio de Janeiro Reprodução/YouTube

A atriz, cantora e diretora teatral Marília Pêra faleceu neste sábado (5), aos 72 anos, por volta das 6h da manhã, na sua casa, no Rio de Janeiro. Recentemente, ela voltou a ser internada, mas seus familiares haviam informado que o seu quadro de saúde não inspirava preocupação. 

Em 2014, a atriz precisou se afastar das gravações do programa Pé na Cova, da Rede Globo, o qual interpretava a personagem Darlene, por conta de desgaste ósseo no quadril. Já neste ano, retomou seu trabalho na nova temporada da série, em setembro. Informações extraoficiais - contestadas pela família da artista - garantiam que Marília Pêra lutava contra câncer de pulmão.

Nascida em 22 de janeiro de 1943, no bairro do Rio Comprido, no Rio de Janeiro, Marília Soares Pêra, após casar-se com o ator Paulo Graça Mello, passou a assinar o nome Marília Pêra da Graça Mello.  

Desde que nasceu, conviveu com a realidade de artista, por ter pais atores. Os palcos de teatro e as câmeras já lhe eram familiar. Por conta disso, resolveu ingressar no meio artístico e enveredou pelo caminho da dança e das artes cênicas, chegando a interpretar em musicais como a biografia de Lamartine Babo, interpretando Carmen Miranda. Além disso, também realizou trabalhos fora do Brasil.

Em 1965, ingressou na TV Globo, contratada pelo diretor Abdon Torres, onde fez diversas novelas e séries de sucesso. Entre os títulos mais marcantes, estão Beto Rockfeller (1968), Rainha da Sucata (1990), Os Maias (2001) e Celebridade (2003). O último trabalho da atriz na Globo foi o programa humorístico Pé na Cova, escrito por Miguel Falabella. 

Com extensa carreira no teatro e no cinema, Marília Pêra conquistou dezenas de prêmios por suas performances marcantes. Em 1989, recebeu uma menção honrosa da Sociedade de Críticos de Cinema dos Estados Unidos, como uma das melhores atrizes da década. 

COMENTÁRIOS dos leitores