• Tweet
  • 'Brasil no Prato' reestreia nesta terça 10 no Bem Simples

    ter, 10/09/2013 - 10:55

    Que diferença pode haver entre o autêntico bolinho de bacalhau, lá de Portugal, e o exemplar que atrai um sem número de pedestres à beira da calçada, em São Paulo? Ilda Vinagre, chef que o restaurante Bela Sintra importou de Portugal há poucos anos, vai contar. Quem a convida para a prova dos nove é Carla Pernambuco, não no papel da chef e proprietária do Carlota, mas de apresentadora de TV. Com um pé no estúdio e outro na rua, Carla estreia nesta terça-feira, 10, a terceira temporada do seu Brasil no Prato, no canal Bem Simples. São 26 episódios, com exibição dupla toda terça, às 22h15.

    O fio condutor é a comida, mas o programa traça um mapeamento cultural por São Paulo, visto por amigos e conhecidos da apresentadora, gente capaz de decifrar um modo de vida por trás de cada paladar e, em geral, gente que mistura outros sotaques em seu histórico, sob o contexto da Pauliceia. Tem a comida coreana, a italiana, a peruana, a mexicana, a árabe, a judia, a portuguesa, a francesa, a nordestina, a mineira, a comida de rua, a comida no contexto do futebol e todas as comidinhas que se misturam à mesa. "A gente tentou mostrar pessoas e culturas diferentes, este é o mote principal. É um programa de comunicação que fala de culinária, de cultura, homenageando São Paulo."

    A reportagem acompanhou a conversa de Carla com Ilda, em tom tão informal que quem passava diante daquelas câmeras montadas na calçada da Avenida Professor Alfonso Bovero, no Sumaré, zona oeste de São Paulo, mal percebia o set improvisado. E constatou o veredicto da chef portuguesa sobre a presença extra da batata num bolinho de bacalhau à brasileira, em relação ao luso. Natural, admite Ilda. Faz parte da popularização do quitute. Estamos num bar de calçada, ora, pois, e aqui pra nós, batata é coisa muito mais em conta que bacalhau.

    O episódio de estreia, no entanto, nos leva às Minas Gerais, com Célia e Celma a cantar receitas mineirinhas. A apresentadora não se acanha. Dança e canta com as duas, e há de mostrar seus dotes artísticos em outros episódios. Ainda hoje, o público verá o programa sobre nhoque, com três versões para o prato.

    As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    COMENTÁRIOS dos leitores