Aldo Vilela

Aldo Vilela

Jornalista

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

A sujeira da política e o nosso dia a dia

Aldo Vilelasex, 02/03/2018 - 17:31

Vejam os senhores e senhoras como a nojeira da política se instala onde existe lei da sobrevivência no meio. A conversa séria de bastidores é que a chapa de Paulo Câmara para concorrer à reeleição ao Governo do Estado já está formada. Seria composta pelo deputado estadual Cleiton Collins (PP) como vice-governador, o deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) e o ex-prefeito do Recife João Paulo (PT) seriam os candidatos ao Senado. Tudo indica que os irmãos Ferreira (Anderson, prefeito de Jaboatão e André, deputado federal e pré-candidato ao Senado) vão apoiar a candidatura de Fernando Bezerra Coelho, pois exigiram uma das vagas ao Senado na chapa de Câmara. Aos poucos as coisas vão se montando para outubro, imaginem O PT que foi esculhambado até a alma pelo PSB, está de volta ao ninho socialista, e de lambuja vai disputar lado a lado com o hoje deputado Jarbas Vasconcelos uma vaga no senado. Enquanto eles se arrumam o povo besta e com cara de palhaço segue a vida.

Ficha suja pega quase todos

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (1º) manter a aplicação da Lei da Ficha Limpa a políticos condenados por abuso de poder em campanha antes de 2010.

Decisão

A decisão havia dado em outubro do ano passado, mas o ministro Ricardo Lewandowski pediu que os efeitos fossem restringidos.

Acão

Na prática, o que o STF julgou nesta quinta foi a modulação dos efeitos da decisão de outubro, ou seja, se haveria um marco temporal para a aplicação da lei.

Determinação do ministro

Na sessão desta quinta, Lewandowski propôs aplicar o entendimento somente a partir das eleições de 2018, não a todos os casos. "A prosperar a decisão desta Suprema Corte em que foi alcançada por uma maioria muito estreita, nós atingiríamos o mandato de 24 prefeitos, abrangendo cerca de 1,5 milhão de votos, um número incontável de vereadores e não se sabe quantos deputados", argumentou o ministro.

Tudo ao contrário neste país

Os juízes federais devem ter a companhia dos da Justiça do Trabalho na paralisação do dia 15. Com o apoio do conselho de representantes, a Anamatra vai consultar seus associados sobre a adesão ao ato.

Justificativa

O presidente da associação, Guilherme Feliciano, diz que a suspensão das atividades não é movida só pela defesa do auxilio moradia “Há a desvalorização dos subsídios, a inexistência de um modelo remuneratório único e os projetos que ameaçam a independência do juiz”, diz.

Apoio

A Associação Nacional dos Procuradores da República vai dar corpo à rebelião com atos pelo país. As entidades devem preparar um texto conjunto em nome do que chamam de garantias da magistratura e do Ministério Público.

Promessas mentirosas

O presidente Michel Temer prometeu criar 3 milhões de empregos nos próximos 10 meses. Em vídeo divulgado nas redes sociais na noite desta 5ª feira (1º.mar.2018), Temer comemora a alta de 1% do nível de atividade econômica brasileira do ano passado, medida pelo PIB (Produto Interno Bruto). Nos últimos 2 anos, os resultados foram negativos.

Aos amigos tudo

Demitido do cargo de diretor-geral da Polícia Federal, o delegado Fernando Segovia não perde por esperar. Ganha. Foi premiado por Michel Temer com o posto de adido da PF na embaixada do Brasil em Roma. Durante três anos, sua renda mensal bruta será de pouco mais de R$ 56 mil.

Prêmio pela bajulação

O valor líquido ultrapassará os R$ 51 mil. A cifra equivale a uma vez e meia o salário do presidente da República e dos ministros de Estado, limitado a R$ 33,7 mil, o teto remunetário do serviço público.

Me dá um dinheiro aí

A euforia deixou o processador mental de Michel Temer sobrecarregado. O presidente exagera na empulhação. Duas semanas depois de decretar intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, Temer reuniu os governadores em Brasília. Trombeteou-se na reunião a liberação de R$ 42 bilhões para que governadores e prefeitos reequipem suas


Mendonça Filho libera R$ 1 bilhão em programas de formação de professores

Aldo Vilelaqui, 01/03/2018 - 09:58

O Ministério da Educação vai investir R$ 1 bilhão na Política Nacional de Formação de Professores, com a criação de 190 mil vagas no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), no Programa de Residência Pedagógica e na Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Dinheiro

Os recursos investidos, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para o biênio 2018/2019, vão garantir 45 mil vagas para o Pibid, 45 mil vagas para a Residência Pedagógica e 100 mil vagas na UAB. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 28, no Palácio do Planalto, em cerimônia com a presença do presidente Michel Temer e do ministro Mendonça Filho.

Fala de candidato

“É sempre uma satisfação anunciar investimentos para a educação”, disse o presidente Michel Temer. “Hoje estamos destinando mais de R$ 1 bilhão para a formação de professores, medida que vem somar-se ao muito que nosso governo, por meio do Ministério da Educação, tem realizado em favor do sistema educacional”.

Saindo do ministério

O ministro da Educação, Mendonça Filho, falou da importância dos programas para o futuro da educação brasileira. “Esta é uma política pública cujos resultados normalmente aparecem no médio e longo prazo, mas se houver foco, planejamento, dedicação de todos e união, evidentemente, os objetivos serão alcançados”. Também na cerimônia, destacou ações do MEC ao longo dos dois últimos anos.

Já em ritmo de balanço

 “Num prazo inferior a dois anos estamos consolidando políticas públicas muito fiéis ao que foi planejado desde o início da nossa gestão à frente do Ministério da Educação”, disse, citando a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o estímulo à educação em tempo integral, a Reforma do Ensino Médio, as mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Financiamento Estudantil (Novo Fies)

Projeto de Armando ampliando o microcrédito vai à sanção presidencial

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (28) parecer do senador Armando Monteiro (PTB-PE) a projeto de lei de conversão que, entre outros benefícios aos microempreendedores, aumenta para R$ 200 mil anuais o limite da renda bruta para se ter acesso ao microcrédito. Antes, só podia obter microcrédito quem tinha receita apenas até R$ 120 mil por ano. Já votado na Câmara dos Deputados, a matéria na qual foi convertida a Medida Provisória 802 vai agora à sanção presidencial.   

O projeto

A proposta é modernizar o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), criado há 12 anos. Em outra alteração importante, autoriza o uso no microcrédito dos recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Nordeste (FNE), Norte (FNO) e Centro-Oeste (FCO). Permite, também, orientação pela internet – e não apenas presencial – ao tomador do microcrédito, reduzindo os custos deste tipo de financiamento.

Renda e parceria

Segundo Armando Monteiro, o projeto fortalece o PNMPO, estimulando o empreendedorismo popular, a geração de renda da parcela mais vulnerável da população e tornando possível a saída de programas sociais como o Bolsa Família. “Mais do que um mero mecanismo de crédito, o PNMPO é um instrumento fundamental de combate à pobreza”, assinalou o senador pernambucano.

Data Magna

Na próxima terça-feira, dia 06 de março, é feriado estadual da Data Magna de Pernambuco. Aprovado pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) pela Lei nº 16.059, de 8 de junho de 2017, será comemorado pela primeira vez este ano e ainda gera muitas dúvidas por parte de trabalhadores e empregadores. Folga ou não?

Comemoração

A data faz referência ao dia da Revolução Pernambucana de 1817, que chegou ao bicentenário em 2017. Até ano passado, a comemoração acontecia no primeiro domingo do mês de março, como ponto facultativo. Mas no ano passado, os deputados estaduais responsáveis pela proposta apontaram que Pernambuco era o único estado do país em que a Data Magna não era feriado e a Assembleia Legislativa aprovou a proposta que transformou o dia 6 de março, em feriado estadual. 

Feriado

A Universidade Federal de Pernambuco adiantou que não haverá expediente acadêmico e administrativo. Já a Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) Recife informou que, no centro e lojas de barros, o comércio terá funcionamento facultativo, de acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018, adiantando que, tradicionalmente, apenas as grandes redes, localizadas na Avenida Conde da Boa Vista funcionam em ocasião de feriado. Já os shoppings da cidade funcionarão normalmente.

Fiscalizando

O novo presidente do TSE, Luiz Fux, vai mudar a análise dos dados de arrecadação e gastos das campanhas deste ano. O ministro quer requisitar explicações e auditar documentos mesmo fora dos prazos para entrega das prestações de contas parcial e final dos candidatos.

De olho

Luiz Fux falou sobre a parceria em um café com os ministros do TCU. No encontro, disse também que quer a ajuda da corte de contas para fazer um pente-fino em editais de licitação do TSE antes de eles ganharem as ruas.

Meu Deus!

Acreditem caros leitores, o senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) comemorou o resultado de uma pesquisa de intenção de votos para presidente da República realizada em Maceió, capital alagoana, entre os dias 23 e 25 de fevereiro. Isso porque ele aparece em segundo lugar com 12,5%. Está atrás somente de Lula: 28,5%.

Calma lá

Collor, no entanto, é o segundo mais rejeitado. Entre os entrevistados, 8,5% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. O campeão de rejeição é Lula: 8,5%.  Em pesquisas nacionais, Collor surge com 1% das intenções de voto. A pesquisa foi realizada pela Falpe Pesquisas com 3 mil pessoas.

A Favor de Marília

Sábado, o Diretório Municipal do PT em Surubim realizará um ato de apoio à pré-candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), ao Governo do Estado. A atividade está sendo coordenada pela presidente do partido na cidade, a vereadora Ivete Ramos (Ivete do Sindicato) e reunirá militantes e filiados de todo o Agreste Setentrional.

 


Senado aprova parecer de Armando criando a Universidade do Agreste

Aldo Vilelaqua, 28/02/2018 - 12:09

O plenário do Senado aprovou na noite desta terça-feira (27) parecer do senador Armando Monteiro (PTB-PE) a projeto de lei criando a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE), com sede em Garanhuns. O projeto, que havia sido votado de manhã na Comissão de Educação, retorna agora ao exame final da Câmara dos Deputados, de onde se originou. Nesse ritmo Armando vai seguindo tentando pavimentar sua candidatura ao governo de Pernambuco.Quanto a universidade, a UFAPE, cuja implantação está orçada em R$ 121 milhões, resultará do desmembramento do campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) em Garanhuns. "Apesar de ter havido avanços, o Nordeste necessita de maior oferta de cursos superiores. Com a UFAPE, estamos democratizando o maior acesso à educação universitária”, discursou Armando, no plenário da Casa. “Tenho certeza de que a comunidade do agreste vai comemorar com entusiasmo”, completou.

Fala de candidato

Armando disse que, “por um dever de justiça”, agradecia a colaboração na aprovação do projeto do ministro da Educação, Mendonça Filho, “que sempre foi sensível à iniciativa”. Enfatizou que a UFAPE será “um ativo estratégico no desenvolvimento de Pernambuco”.

Educação

A escolha de Garanhuns para sediar a UFAPE se justifica não apenas por aproveitar as instalações locais da Universidade Federal Rural como, pontua o parecer, “pela relevância socioeconômica e cultural do município, polo de desenvolvimento da microrregião do Agreste Meridional”.

Parecer

Segundo o parecer do senador petebista, elaborado sobre projeto de lei que cria a Universidade Federal do Delta do Parnaíba, no Piauí – também aprovado pelo plenário -, os alunos do campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco passam a integrar automaticamente a UFAPE.  O parecer de Armando determina a criação dos cargos de reitor e vice-reitor e de 600 cargos de professor na nova universidade federal, além de cargos administrativos.

Estudantes

O campus da Universidade Federal Rural em Garanhuns, que será transformado na Universidade Federal do Agreste, oferece atualmente os cursos de veterinária, agronomia, ciência da computação, zootecnia, engenharia de alimentos e licenciatura em letras e em pedagogia.

Silvio Costa cobra ao governo atenção ao sistema prisional

A superlotação nos presídios pernambucanos e a sua relação com o crescimento da violência no Estado serão tema de audiência pública na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A proposta foi apresentada pelo deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Casa, nesta terça-feira (27).

Números

De acordo com os dados apresentados pelo parlamentar, Pernambuco tem o segundo maior déficit carcerário do País, atrás apenas do Estado do Amazonas.

Mais números

Segundo informações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), são ao todo 9.993 vagas nas 84 unidades prisionais do Estado - contando presídios, penitenciárias e cadeias públicas - para 28,9 mil detentos, o que significa uma superlotação de 189,2%. “Não foi por acaso que ao longo da gestão Paulo Câmara foram vários os casos de rebeliões, explosões de muros e fuga dos presos, sobretudo na Penitenciária Barreto Campelo e no Complexo Prisional do Curado”, lembra o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Alepe.

Mais criticas

O parlamentar lembra que desde 2015 o sistema carcerário de Pernambuco vem sendo acompanhado de perto pelo Comitê de Prevenção a Torturas da ONU e pela entidade internacional Human Rights Watch (WRW), que chegaram a apontar a situação do sistema carcerário do Estado como a pior do País. “Superlotação, déficit de agentes penitenciários e a violência dentro dos presídios, além do elevado índice de prisões provisórias, estão entre os principais problemas apontados pelas entidades internacionais”, relata Silvio.

Na cola de Paulo Câmara

Silvio destacou ainda o imbróglio do Complexo Prisional de Itaquitinga, que nove anos após ter as obras iniciadas conseguiu concluir apenas uma das cinco unidades previstas. “A entrega dessa unidade não constou da agenda pública do governador, assim como a assinatura da ordem de serviço da segunda unidade, que deve custar em torno de 10 milhões. Além disso, o Governo do Estado pretende transferir as unidades restantes para o Governo Federal, sem que nada seja debatido aqui nesta Casa.

Projeto Geração Afeto vai estimular relações afetivas entre famílias e crianças nos primeiros anos de vida

Com o objetivo de estimular as relações afetivas entre as famílias e as crianças nos primeiros anos de vida, a Prefeitura do Recife lançou, na tarde desta terça-feira (27), o Projeto Geração Afeto. Ao longo do ano, será feito um acompanhamento personalizado e serão ministradas oficinas sobre desenvolvimento infantil e construção do afeto familiar para as mulheres atendidas pelo Programa Mãe Coruja Recife, que visa fortalecer os vínculos entre mãe, bebê e demais familiares, por meio de ações intersetoriais.

Parceria

O trabalho é fruto de uma parceria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos (SDSJPDDH), através da Gerência da Criança e do Adolescente do Recife, com a Secretaria de Saúde do Recife.

Pausa na campanha

A decisão de Raul Jungmann de deixar o Ministério da Defesa para comandar o Ministério Extraordinário da Segurança Pública foi interpretada dentro do PPS, seu partido, como a confirmação de que ele não disputará as eleições deste ano.

Roberto Freire deu o aval

Presidente do PPS, o deputado federal Roberto Freire (SP) afirmou  que a visibilidade da atuação política de Jungmann à frente da Defesa lhe garantia uma das vagas de senador por Pernambuco, seu estado. "Dificilmente ele (Jungmann) sairá daqui a um mês para disputar a eleição".

Como este país vai pra frente?

Focos de duas das principais fases da Lava Jato do Rio, a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Contas do Estado permanecem pagando salários para deputados que e a conselheiros afastados em consequência da operação. Indicados deles também continuam ocupando cargos nas instituições.

Não tem jeito

Detidos desde novembro, os deputados do MDB Jorge Picciani (presidente da Assembleia), Edson Albertassi (ex-líder governista) e Paulo Melo recebem salário de R$ 25,3 mil, segundo o Portal da Transparência da Casa. Cada deputado da Assembleia tem ainda direito a 20 assessores, com vencimentos que, somados, podem chegar a R$ 160 mil a cada mês, além de benefícios, como carro oficial.

A saída do falastrão

A troca no comando da Polícia Federal começou a ser costurada pelo ministro Raul Jungmann antes mesmo de ele assumir a nova pasta da Segurança Pública. O então ministro da Defesa conversou com interlocutores e definiu que essa seria sua condição para assumir a tarefa. O argumento é que ele só terá dez meses no comando de um ministério que gera grande expectativa e não poderia perder o seu tempo gerenciando crises causadas por Fernando Segovia.


As cartadas de Temer continuam

Aldo Vilelaseg, 26/02/2018 - 11:18

Entra semana , sai semana e o comando maior do Brasil continua acabando com a nação e com o país. Neste cenário o presidente Michel Temer começa nesta semana a desenhar o mapa de substitutos dos ministros que deixarão seus cargos no início de abril para disputar as eleições. Os ministros  titulares das pastas e seus partidos já têm indicados para apresentar ao Palácio do Planalto. A lista inclui até nomes envolvidos em denúncias de corrupção o que  não vem a ser nenhuma novidade neste governo formado em sua maioria por corruptos, aliás dos ministros de Temer muitos se não tivessem foro privilegiado estariam presos. Além de ter que decidir o que fazer com os Ministérios da justiça e trabalho hoje chefiados por interinos, e com o novo ministério que chegou, o presidente Temer terá que escolher quem vai assumir outras 13 pastas que ficarão vagas a partir de 7 de abril, prazo para a desincompatibilização. Nos próximos dez meses, terão novo comando devido às eleições: Esporte, Desenvolvimento Social, Turismo, Integração Nacional, Relações Exteriores, Saúde, Educação, Ciência e Comunicações, Defesa, Transportes, Meio Ambiente e Minas e Energia. A Fazenda também pode passar por uma troca, se Henrique Meirelles decidir de fato ser candidato à Presidência. Enquanto Temer se livra dos processos, vai afundando cada vez mais o país.

Geraldo Júlio vai chamar professores

Foi publicado neste sábado (24), no Diário Oficial do Recife, o edital que regulamenta a seleção temporária de 624 professores para a rede municipal de ensino da capital.

Quem concorre?

Podem concorrer a uma das vagas professores de nível superior com habilitação em Licenciatura Plena em Pedagogia e nas demais licenciaturas dos diversos componentes curriculares: Língua Portuguesa, História, Geografia, Ciências, Inglês, Artes, Educação Física. Os postulantes irão atuar na Educação Infantil, Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental, nos projetos e Programas Educacionais e salas regulares bilíngues em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). A seleção é válida por dois anos, sendo prorrogáveis por igual período.

Anote

As inscrições serão gratuitas e estarão abertas a partir das 8h desta segunda (26 de fevereiro) no endereço www.portaldaeducacao.recife.pe.gov.br, onde estará publicado o edital com todas as informações.

Documentos

Lá, o candidato deve preencher o requerimento eletrônico e anexar cópias digitalizadas, em arquivo único, de RG, CPF, Laudo Médico (para candidatos com deficiência), diplomas e certificados de conclusão, documento comprobatório de experiência profissional, entre outros, além de certificado de proficiência em LIBRAS para os candidatos a salas bilíngues.

Saúde em Petrolina

Com o objetivo de discutir os indicadores da saúde e traçar estratégias para melhorar os serviços  ofertados, a Secretaria de  Saúde promoveu, nesta sexta-feira (23), o primeiro colegiado integrado de 2018.

Evento

A ação está prevista no Plano Municipal de Saúde e acontecerá  a cada dois meses, contribuindo para a integração de gerentes, diretores e executivos das três secretarias executivas que compõem  a pasta da Saúde.

Resultados

Durante a reunião, foram apresentados índices de mortalidade infantil, sífilis congênita e de cobertura vacinal do último ano. Foram discutidos ainda temas como saúde do trabalhador; campanha de Influenza; referência para febre amarela e Chagas; e fluxo de tuberculose.

Raquel Lyra recebe novas lideranças da RAPS

Neste final de semana, a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS) apresentou em São Paulo, suas 102 novas lideranças. A organização, fundada em 2012, foi pioneira na constituição de um espaço suprapartidário de renovação política. Como parte das boas-vindas e da formação oferecida aos novos membros, a programação contará com a presença da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, uma liderança Raps.

Armando debate agenda microeconômica com empresários

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) apresentou, durante encontro com a direção da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe) e empresários, ações que estão sendo desenvolvidas no âmbito do Grupo de Trabalho de Reformas Microeconômicas do Senado.

GT do senado

O petebista, que coordena o GT na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa Alta, detalhou os projetos que estão sendo discutidos no Congresso Nacional e que vão contribuir para melhorar o ambiente econômico do País. O evento reuniu 50 industriais de 20 setores ligados à indústria pernambucana.

Resultado do encontro

No encontro, Armando destacou ações realizadas pelo Grupo de Trabalho para melhorar o ambiente tributário e regulatório do País, além de iniciativas para diminuição dos spreads bancários, entre outros temas. O senador informou que o GT realizou, ao longo do ano passado, diversas audiências públicas. Como resultado, o grupo o grupo selecionou 18 projetos que já tramitam nas Casas e que podem acelerar a agenda da Reforma Microeconômica no Congresso, de modo a melhorar o ambiente econômico do País.

FIEPE aposta no país

Para o presidente da Fiepe, Ricardo Essinger, o debate foi esclarecedor e oportuno para o empresariado pernambucano. “A agenda da reforma microeconômica tem peso grande, principalmente em Pernambuco, onde temos mais de 90% de empresas de micro e pequeno portes”, sublinhou o dirigente. Ao final do encontro, Essinger entregou a Armando o anteprojeto de lei do Código de Direitos, Garantias e Obrigações dos contribuintes de Pernambuco, que está sendo finalizado e será apresentado à Assembleia Legislativa (Alepe).


Brasil, a casa de mãe Joana

Aldo Vilelaqui, 22/02/2018 - 11:26

Cada dia que passa chegamos a triste conclusão que neste país nada pode estar tão ruim que não possa piorar, sim é esse o país que estamos vivendo, sem a menor perspectiva, neste cenário todo eis que algumas figuras nefastas da política tomam conta de todo espaço, por exemplo o senador Romero Jucá (PMDB-RR), presidente do PMDB, anunciou nesta quarta-feira a distribuição dos recursos do fundo eleitoral aos deputados federais e senadores do partido que irão disputar a reeleição neste ano. A divisão foi decidida numa reunião da bancada de legenda no Congresso — que reconduziu Juca à presidência da sigla. No encontro, os integrantes do partido definiram que cada deputado receberá R$ 1,5 milhão, enquanto os senadores irão ganhar R$ 2 milhões. O senador ressaltou que estão nesse grupo apenas os parlamentares que já têm mandato, e não qualquer candidato. Atualmente, o PMDB tem 59 deputados e 14 senadores cujos mandatos terminam neste ano (outros seis senadores tem mandato garantido até 2022). Com todo respeito caro leitor, este país é mesmo uma ZONA.

Armando aprova intervenção, mas diz que taxa de homicídios em Pernambuco é pior

Em entrevista ao meu programa de rádio na CBN RECIFE, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) classificou como “gravíssima” a situação da segurança pública em Pernambuco ao concordar, em discurso no plenário, na noite desta quarta-feira (21), com a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

A fala do senador

“Temos em Pernambuco números de guerra”, assinalou, ao informar que a taxa de homicídios recorde no estado, no ano passado, de 5.427 assassinatos, é superior à taxa por 100 mil habitantes verificada no Rio.

Críticas a Paulo Câmara

“A violência em Pernambuco é uma emergência social que alcança todas as regiões do estado”, enfatizou, destacando que o governo Paulo Câmara produziu “um grave retrocesso” nas estatísticas locais de homicídios. “O caso de Pernambuco se enquadra no quadro de fragilização da autoridade estadual e na incapacidade de se garantir a continuidade de políticas de segurança de êxito, como o Pacto pela Vida”, acrescentou.

Justificativas de Armando

Segundo Armando, a intervenção das Forças Armadas na segurança pública do Rio era inevitável. Advertiu, porém, que a medida envolve muitos riscos, como as fragilidades estruturais da área de segurança, traduzidas na grande deficiência do patrulhamento ostensivo – apenas 40% do efetivo da PM carioca está disponível para o policiamento, mencionou- e no controle do crime organizado sobre extensa e populosa área urbana.

Silvio cobra plano efetivo de prevenção de enchentes na Mata Sul

O deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, cobrou, nesta quarta-feira (21), no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), a conclusão das ações para evitar novas tragédias na Zona da Mata Sul, prometidas após as enchentes de 2010 e renovadas, pelo governador Paulo Câmara, após as chuvas de 2017.

Críticas

Para o líder da Oposição na Alepe, as ações do Governo do Estado não podem se limitar à assistência às vítimas, que é importante, mas não evita novas tragédias. “Depois das chuvas de maio do ano passado, o governador instalou gabinete de crise, reuniu deputados estaduais, deputados federais, fez foto no Palácio, andou de helicóptero, prometeu destravar as barragens, mas nada avançou”, destacou o parlamentar.

Sem dar trégua ao governo de PE

De acordo com o deputado, as agências de clima estão prevendo mais um inverno rigoroso este ano e as últimas chuvas na região, que provocou inundações em Barreiros, são uma prova de que existe risco de novas enchentes.

Abastecimento também foi usado pela oposição

Segundo notícias divulgadas no ano passado, as quatro barragens do sistema de contenção de enchentes precisariam de R$ 383 milhões para serem concluídas. A mais avançadas delas, Panelas, em Cupira, que teve 50% das obras realizadas, precisa de R$ 62 milhões para ser finalizada. “Só com o que gastou no ano passado com a Arena Pernambuco, R$ 29,4 milhões, e com publicidade, R$ 48,9 milhões, daria para ter concluído essa obra”, comparou.

Cobranças

Silvio cobra do Governo do Estado o detalhamento da situação atual das barragens e a apresentação de um plano efetivo de prevenção de novas enchentes, a exemplo das ocorridas em 2010 e 2017. “Não dá para ficar com ações paliativas.

Críticas

A população precisa de um plano objetivo de prevenção de enchentes e não da estratégia da terceirização da culpa, como costuma fazer o governo do PSB para encobrir sua paralisia responsabilizando o Governo Federal”, cobrou o deputado, acrescentando que vai solicitar a realização de uma audiência pública na Alepe para que o governo do Estado apresente um plano efetivo de prevenção e o que está sendo feito para evitar novas tragédias.

Minha Casa, Minha Vida

O prefeito de Gravatá, Joaquim Neto (PSDB-PE), recebe nesta quinta-feira (22) o deputado federal e presidente do partido, Bruno Araújo, para o ato de início das obras do primeiro empreendimento popular do Minha Casa, Minha Vida na cidade. O evento está previsto para às 16 horas na avenida Riacho do Mel, após o Caic. Bruno já está de olho nas eleições deste ano mesmo enrolado na lava jato quer ser deputado de novo.

Casas

O contrato de construção das 196 casas foi assinado pelo prefeito Joaquim Neto com a Caixa Econômica Federal no último dia 9. As unidades habitacionais foram asseguradas ainda na gestão de Bruno Araújo, quando o tucano esteve no comando do Ministério das Cidades até novembro do ano passado.

Dinheiro

Serão investidos cerca de R$ 14 milhões no conjunto habitacional completo que prevê, ainda, posto de Saúde e área de lazer com praça e parque. As casas variam entre dois e três quartos, distribuídos de acordo com as necessidades das famílias com renda de até R$ 1.800,00. Algumas unidades virão adaptadas para portadores de necessidades especiais. 

Greve

A batalha pela manutenção de benefícios pode acabar deflagrando uma greve no Judiciário. Cerca de 100 magistrados federais iniciaram movimento para convencer colegas a iniciar uma paralisação.

Vai parar?

A diretoria da Associação dos Juízes Federais foi acionada e agora avalia se convoca ou não assembleia para tratar do tema. A última vez que classe entrou em greve foi em 1999. Na ocasião, reivindicava reajuste.

O trator chamado Jucá

Reconduzido à presidência do MDB, o senador Romero Jucá (RR) disse, nesta tarde, que o partido vai trabalhar para ter candidato próprio à Presidência da República e que o presidente Michel Temer é sempre um nome, como outros, para a função.

Bajulador oficial do planalto

"O presidente Michel Temer é uma opção do MDB para ser candidato a presidente da República, se ele assim o entender. O partido defende candidatura própria, nós temos várias opções e vamos trabalhar no sentido de termos candidatura própria", declarou Jucá após reunião da Executiva da sigla.

Reforço

Jucá disse que o tempo vai dizer se Temer será candidato. "O presidente vai definir no momento apropriado se ele poderá ser ou não candidato", afirmou.

Fala com pompa de rei

O emedebista destacou como possível candidato do bloco governista o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf. "Nós temos muitos nomes que podem ser candidatos a presidente. Nós estamos discutindo qual é o nome mais viável, mais factível, que possa ganhar as eleições", disse. Mais cedo, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), afirmou que o presidente Michel Temer é "elegível" e tem todas as condições de disputar reeleição nas eleições deste ano.


Sem Lula, Ciro e Haddad podem marchar juntos pela presidência do Brasil

Aldo Vilelaqua, 21/02/2018 - 09:42

Isso mesmo caros leitores, em meio a esta tempestade que pega o ex-presidente lula, eis que um novo formato de chapa pode ser consolidado com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) e Fernando Haddad (PT-SP). Ambos tinham um jantar marcado para a noite desta terça (20) em São Paulo e aos poucos vão afinando o discurso claro com a benção do líder maior do PT, Lula. Ciro, que com a possível saída de Lula do páreo eleitoral tenta se firmar como opção à esquerda, repete onde vai que a chapa ideal para a Presidência da República, sem Lula no páreo, seria a que tivesse ele na cabeça e Haddad como vice. O que deve acontecer e aparar arestas dois lados e tentar formar essa chapa considerada por muitos de esquerda como imbatível. Será?

Geraldo Julio autoriza contratação temporária de 624 professores

A Prefeitura do Recife anuncia a contratação temporária de 624 professores de nível superior com habilitação em Licenciatura Plena em Pedagogia e nas demais licenciaturas dos diversos componentes curriculares: Língua Portuguesa, História, Geografia, Ciências, Inglês, Artes, Educação Física. As autorizações foram estabelecidas por três Decretos publicados no Diário Oficial de hoje (20 de fevereiro).

Vagas

As vagas são para atuar na Educação Infantil, Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental, nos projetos e Programas Educacionais e salas regulares bilíngues em Língua Brasileira de Sinais (Libras). O edital da seleção será publicado ainda no mês de fevereiro.

Chamado

A contratação temporária acontece para atender à demanda de professores na rede de ensino em caso de afastamentos legais como licenças de docentes do quadro efetivo e ainda para reforçar programas e projetos. A Secretaria de Educação, entretanto, irá realizar posteriormente um Concurso Público, cuja comissão já está constituída desde o final de 2017 com previsão de publicação do Edital em 2018. Os contratos para esta seleção temporária terão vigência de 24 meses prorrogáveis por igual período.

Tadeu Alencar solta o verbo: “Intervenção não é justificativa para excessos”

Após votar favoravelmente à intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro, o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) alertou que a medida não pode servir de justificativa para possíveis excessos e defendeu que se estabeleçam mecanismos rígidos de acompanhamento da ação da Força Militar no Estado. 

Justificativa

Tadeu diz que seu voto a favor da intervenção se justifica pelo fato do próprio Governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB), ter declarado incapacidade do Estado para o enfrentamento do problema, mas que a medida tem que ser tratada com responsabilidade.

Defesa

O deputado pernambucano também voltou a defender que o momento deve motivar o Governo Federal a debater com a sociedade e apresentar uma Política Nacional de Segurança Pública, para que o País não passe a conviver com este tipo de solução paliativa.

Prefeitura discute melhorias de comunidade ribeirinha em Petrolina

Atendendo a um convite dos produtores da Ilha do Pico, próximo ao Balneário das Pedrinhas, em Petrolina, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama e equipe técnica estiveram visitando a localidade.

Reunião

O encontro teve como objetivo conhecer de perto a realidade da agricultura local, a fim de transformar as demandas em ações que irão beneficiar diretamente o pequeno produtor e a população ribeirinha.


Feliz ano novo e boa sorte Brasil

Aldo Vilelaqui, 15/02/2018 - 09:10

Agora de fato podemos desejar um feliz ano novo, pois como de praxe neste país acabado, o ano somente começa agora pós carnaval. O povo brasileiro é assim nunca aprende e cria uma grande desculpa dizendo que tem de existir um pouco de alegria e o carnaval proporciona isso, coisa mesmo de país de terceiro mundo. Todos os números mostram um carnaval gigante em pessoas, em participações populares, em consumo de bebida, em hotéis lotados etc... todos esquecem a crise, os problemas do Brasil, a falta de escola, de saúde, de segurança de infra estrutura, mas afinal estamos no Brasil. Que este mesmo povo se lembre e se conscientize que teremos eleições no final do ano e que esqueçam a copa do mundo para poder mudar ou iniciar uma mudança neste país. Mas as notícias não são as melhores, Junto com uma resolução do TSE que havia ficado estrategicamente esquecida até agora, as cinzas da quarta-feira trouxeram uma certeza: mais do que qualquer outra, a eleição de 2018 será dos ricos e famosos. É o que acontecerá com a combinação da campanha mais curta (45 dias, sendo 30 de rádio e TV), que favorece os candidatos já conhecidos, com a permissão praticamente ilimitada de autofinanciamento, que coloca os ricos em larga vantagem. Lembremos que já houve um ensaio disso nas eleições municipais de 2016, embora os candidatos ricos tivessem um limite para colocar seu próprio dinheiro na campanha.

Jogo sujo

Prepare-se para o jogo sujo das eleições. Os políticos se autoconcederam uma autorização para mudar de partido durante o mês de março sem sofrer punições. Abriu-se o que eles chamam de “janela partidária”.

O agora

Nesse exato momento está acontecendo uma aberração que logo escalará as manchetes na forma de mais um escândalo: a pretexto de seduzir políticos com bom potencial de votos, partidos lavajatistas estão oferecendo dinheiro. É verba pública.

Dinheiro

A verdade e que tudo esse rolo de dinheiro sai do fundo eleitoral. Alega-se que tudo será usado na campanha. Sabe Deus! Há ofertas de mais de R$ 2 milhões.

O país da desordem se supera a cada dia

Mais uma vez, o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Segóvia, falou o que não deveria e não poderia ter falado. Tem sido uma marca da gestão Segóvia dar declarações desastradas e que denotam um desejo de agradar ao governo que o nomeou para comandar a Polícia Federal. É inadequado que um diretor-geral aja assim.

Temer temendo

O próprio Palácio do Planalto avalia que Segóvia deu um tiro no pé, numa tentativa de servilismo que teve efeito contrário ao pretendido. No entanto, ele não está dançando a música sozinho.

Ridículo

Delegados da Polícia Federal e procuradores da República são pródigos em falar sobre investigações em andamento. A diferença é que Segovia falou em defesa do presidente da República. Normalmente, as manifestações são para alardear provas contra um investigado. Falar contra um investigado pode. Falar a favor não pode? Ora, não pode a favor nem contra.

Não vai dar em nada

Dificilmente um ministro do STF cobra esses delegados e procuradores a explicar suas declarações sobre inquéritos em curso. Aliás, é comum ver ministros do STF a pontificar sobre casos que ainda serão julgados, antecipando posições.

Uma piada chamada Carlos Marun

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, falou que o governo continua confiando "no bom senso da justiça" em relação a autorização da Justiça para que a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) possa assumir o ministério do Trabalho. "O governo vai continuar confiando no respeito a Constituição federal", disse o ministro, que afirmou não ter lido a decisão da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, de manter suspensa a posse. Um país que tem como ministro um sujeito do porte de Marum diz na verdade o que somos.

Críticas ao carnaval de Olinda

O vereador Jorge Federal alertou, através de ofício enviado 15 dias antes do carnaval, quanto aos problemas de mobilidade que ocorreram durante os festejos que foram provocados pela liberação de mais de 30 mil carros de aplicativos com acesso ao sítio histórico “prejudicando uma categoria centenária, os taxistas, e causando transtornos à população”.

Críticas pesadas em Lupércio

“Estava claro que iriam acontecer problemas no trânsito das principais artérias que circundam a cidade de Olinda, a exemplo da PE-01, PE-15 e da avenida Olinda, além da Estrada do Bonsucesso, Bultrins, Pan Nordestina e outras vias de acesso”, afirmou Jorge Federal. E completou: “Infelizmente, o prefeito Lupércio não teve a humildade em considerar o alerta feito e foi registrado, durante o carnaval, o maior congestionamento de todos os tempos”.


Tadeu Alencar: “É hora de aprofundar combate à Reforma da Previdência”

Aldo Vilelaqua, 07/02/2018 - 10:12

Muitos contra, muitos a favor, de novo a reforma da previdência é tema de discussão entre parlamentares e sociedade. O deputado federal Tadeu Alencar (PSB) retoma a agenda de trabalho em Brasília disposto a aprofundar ainda mais o combate à Reforma da Previdência proposta pelo Governo Temer. Tadeu está alinhado à posição do PSB Nacional e afirma que o partido estará unido contra esta reforma, exercendo um protagonismo na oposição. Para o parlamentar, a tentativa tardia do Governo Federal em fazer concessões não convence, porque desde o primeiro momento não houve intenção de se fazer uma discussão séria sobre o tema, além da falta de autoridade política para implementar reformas de fôlego, tarefa que, afirma, deve ficar à cargo do próximo Presidente da República. Tadeu diz que uma Reforma da Previdência legítima precisa ser debatida com a sociedade e não imposta por campanha publicitária. Para ser aprovada, deve ser analisada com seriedade pelo Congresso Nacional – pois tema da maior relevância -, e não depender de um verdadeiro jogo de “toma lá, dá cá” entre governo e alguns parlamentares.  Porque uma reforma justa precisa fazer uma discussão honesta e transparente, e distribuir os eventuais sacrifícios de forma equilibrada. É por tudo isto que sou contra mais esta proposta do Governo Temer que contraria os interesses da população, e volto ao Congresso para, em nome da confiança que recebi das pernambucanas e pernambucanos, dizer não à Reforma da Previdência!

Daniel Coelho: “Lugar de político condenado não é disputando eleição, é cumprindo sua pena”

Em seu primeiro discurso na tribuna da Câmara dos Deputados em 2018, o deputado federal Daniel Coelho (PSDB-PE) fez duras críticas a ausência de parlamentares nas sessões da primeira semana legislativa deste ano. Também saiu em defesa da Lei da Ficha Limpa, alertando sobre a necessidade de se lutar para o cumprimento da legislação, que impede políticos condenados em segunda instância de se candidatarem a cargos públicos. “Lugar de político condenado não é disputando eleição, é cumprindo sua pena”, afirmou.

Críticas nos malandros

“Dezenas de deputados têm vindo à tribuna, de diversos partidos, atacando a lei da ficha limpa, a ação da justiça e todas as medidas de combate à corrupção conquistadas pela sociedade brasileira. Quando a Lei da Ficha Limpa foi aprovada, lá atrás, todos bateram palmas.

Mais pancada

Quando a gente se aproxima da eleição e diversas lideranças importantes de diversos partidos políticos estão enrolados com a Justiça porque cometeram atos de corrupção, o que a gente vê no Parlamento são ditos representantes do povo que atacam a Justiça, o judiciário e a Lei da Ficha Limpa”, destacou.

Parlamento sem compromisso com nada

No mesmo discurso, Daniel Coelho fez críticas à ausência de parlamentares nas primeiras sessões do ano, o que tem impedido o Congresso de votar qualquer matéria. “Essa casa parece se distanciar cada vez mais do que deseja a população brasileira.

Datando

Dia 6 de fevereiro às 19h06, e até agora o Congresso Nacional não discutiu, não avançou nenhuma matéria. A gente sabe que o ano legislativo já devia ter começado na semana passada, na quinta-feira, e a sessão não foi convocada. No dia de ontem, uma presença muito baixa e a essa hora, às 7 da noite, apenas 68 deputados de 513 com sua presença confirmada. Mostra realmente o pouco compromisso que está se tendo com a população

"Vou colocar hidrelétricas do São Francisco a serviço do desenvolvimento do seu vale", diz relator de projeto da Eletrobras

O deputado federal José Carlos Aleluia (Democratas-BA), indicado como relator do projeto de lei que prevê a privatização da Eletrobras, antecipou algumas mudanças importantes no projeto original (PL 9463/18).

Balela?

Aleluia, que é engenheiro eletricista e ex-presidente da Chesf, afirmou que pretende incluir em seu texto a garantia de que recursos gerados pelas usinas hidrelétricas do Rio São Francisco sejam novamente "descotizados" (retiradas da União) e passem a destinar parcela significativa para uma agência de fomento a ser criada na região, com autonomia administrativa e "blindada" aos cortes no Orçamento e a interesses políticos de momento. 

Estudos

O deputado também assegurou que a ideia já encontra aval técnico dentro do governo e que vem conversando com os setores especializados para a concepção final do modelo. Ele ressalta que a proposta está em sintonia com um dos compromissos do Poder Executivo, que defende em nota técnica que acompanha o projeto “o desenvolvimento de programa de revitalização dos recursos hídricos da bacia do Rio São Francisco”.

Educação e Saúde devem ser prioridade no Orçamento, defende Armando Monteiro

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou, nesta terça-feira (6), relatório do senador Armando Monteiro (PTB-PE) favorável à projeto, de autoria da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), que estabelece prioridade para despesas com Saúde e Educação na execução orçamentária dos entes da Federação.

Projeto

O PLS 329/2017 modifica a Lei nº 4.320, para prever que o Poder Executivo, ao aprovar o quadro de cotas trimestrais da despesa de cada unidade orçamentária deverá priorizar as despesas destinadas a serviços públicos de Saúde e Educação, de forma a garantir a observação dos limites mínimos previstos na Constituição. Ou seja, ao destinar as verbas para os diversos setores do serviço público, primeiro devem ser garantidos os recursos para essas duas áreas.

Detalhando o relatório

Em seu relatório, Armando ressalta que “a despeito de todas as garantias constitucionais, são frequentes os casos de programas e ações de Saúde e Educação ficarem comprometidos ou mesmo paralisados em decorrência do atraso de repasses dos recursos públicos”. “E, mais grave, muitas vezes ao tempo em que outros programas de menor relevância social continuam sendo desenvolvidos normalmente. O PLS ajudará a equacionar esse grave problema”, destacou.

A fala de Armando

“A Educação é o futuro do Brasil, e prejudicar o ensino agora trará sérias consequências no médio e longo prazo para o País. O mesmo acontece com a Saúde. Um cidadão não pode esperar a crise passar para ter acesso ao exame, à vacina, ou a uma cirurgia que precisa. Ou seja, essa prioridade não pode ser apenas discurso. E hoje demos um passo importante no Senado para esse princípio se tornar realidade. Vamos trabalhar agora para aprovar rapidamente no plenário do Senado”, reforçou Armando.

Burocracia e dificuldades fiscais

Para Armando, no quadro de dificuldades fiscais por que passa o País, esse projeto é ainda mais relevante. A violenta queda no nível de atividade provocou uma redução sem precedentes na arrecadação. Assim, projetam-se déficits fiscais elevados para este ano e o próximo. Em que pese o prognóstico de recuperação da economia, nada impede que uma futura queda de arrecadação traga uma situação próxima da insolvência, como já acontece com alguns governos estaduais e municipais, que já são obrigados a atrasar pagamentos a fornecedores e mesmo de salários e aposentadorias dos funcionários.

Diogo Moraes destaca desenvolvimento econômico de Pernambuco em 2017

O Deputado estadual Diogo Moraes (PSB) discursou, em pronunciamento do grande expediente, sobre o crescimento econômico do estado de Pernambuco em 2017. O parlamentar citou a crise econômica originada ainda em 2014, que se arrasta até os dias atuais. Entretanto, Diogo destacou a desenvoltura do Estado nos últimos meses, com resultados econômicos expressivos. 

Mais fala de Diogo

No pronunciamento, Diogo pontuou que, até o momento, um dos principais setores que tem influenciado na retomada econômica é a agropecuária, que cresceu aproximadamente 17% de janeiro a setembro de 2017 em relação ao mesmo período de 2016. “As chuvas de 2017 e os investimentos do Estado em segurança hídrica foram revigorantes para o setor, que corresponde a 3,3% do PIB pernambucano”, argumentou.


Ministro Mendonça Filho anuncia apoio para a construção do novo Campus da UFPE em Goiana e vai pavimentando sua candidatura, não se sabe para qual cargo

Aldo Vilelater, 06/02/2018 - 12:06

O ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou nesta segunda-feira, 5, apoio para a construção do Campus Goiana, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A informação foi dada durante o terceiro seminário do Movimento Pernambuco pela Educação, realizada pelo Sistema Jornal do Commercio de Comunicação. O Movimento tem como objetivo discutir alternativas para melhorarem os indicadores de Pernambuco na educação básica. Mendonça com isso vai pavimentando cada vez mais seu nome para uma disputa forte este ano, não se sabe se a senador, ou mesmo governador. Na pior das possibilidades ele garante com folga sua volta a Câmara dos deputados. Segundo o reitor da UFPE, Anísio Brasileiro, a expectativa é de que o campus comece a funcionar em 2019. “Nós entregamos o projeto ao ministro na semana passada e agora ele vai ser encaminhado para a Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC”, explica o reitor da UFPE. “Precisamos também aprovar o projeto no conselho universitário da UFPE. A nossa expectativa é que isso aconteça no mês de março. Se a Sesu aprovar, aí nós vamos detalhar o projeto a nível dos laboratórios e das edificações para que comecemos as aulas em 2019”, completou Anísio Brasileiro. Mendonça fale quem quiser falar, tem sido um bom ministro e  em especial tem conseguido coisas enormes para o Estado ao qual ele representa. Sobre este novo campus ele destaca que será importante para atender o litoral norte de Pernambuco. “É um grande presente, uma iniciativa que vai casar justamente com a vocação industrial que se consolida e precisa de tecnologias, que gerem um horizonte de futuro melhor para os nossos jovens”, afirmou o ministro. “Eu creio que em poucos meses Goiana será premiada com essa iniciativa que vai consolidar um polo educacional que gere mais conhecimento, elevação da qualidade de vida da população e contribua para o ambiente econômico do município”.

Como Não Ser um Babaca no Carnaval

Sucesso nos carnavais de 2016 e 2017, a campanha  "Como não ser um Babaca no Carnaval", criada pela Prefeitura do Recife (PCR), volta em 2018 mais uma vez batendo na tecla do combate à violência contra a mulher durante a folia.

Contra o assédio

Pensada para o ambiente digital, pela equipe do Gabinete de Imprensa - Gerência de Presença Digital da PCR, em parceria com a Secretaria da Mulher, a campanha tem o objetivo de estimular o debate sobre assédio e a violência de gênero, utilizando um formato bem humorado e lúdico, que desconstrói comportamentos machistas naturalizados durante o carnaval. Ao invés de "pegador" ou "machão", a campanha apresenta o homem assediador ou violento como inadequado, "sem noção", ou até criminoso.

Orientação

Em 2018, foi criado um personagem para representar esse homem - o "Zé Mamão". "Mamão" é uma gíria local que significa "babaca", "bobão". O "Zé Mamão" faz tudo errado, e o manual o "ajuda" a rever seu comportamento, dando dicas sobre como se portar da maneira correta com as mulheres.

Temer envolvido até o talo

A Polícia Federal encontrou ligações telefônicas entre Michel Temer (MDB) e o coronel aposentado da PM João Batista Lima Filho – amigo de décadas e ex-assessor do emedebista.

Telefonemas

As chamadas são citadas em relatório da Operação Patmos sobre o celular do coronel. Segundo o documento, Temer e Lima tiveram 12 conversas telefônicas entre abril de 2016 e maio de 2017.

Prefeitura de Caruaru e a  qualificação profissional dos reeducandos

Marretas, talhadeiras, discos de corte, colher de pedreiro e muita atenção. É esse o cenário das aulas práticas dos cursos de qualificação profissional, fruto da parceria entre Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM) e o Patronato Penitenciário, que acontece na Lavanderia Municipal, localizada no populoso bairro Centenário.

Maia pra presidente

O DEM está organizando um giro por todo Brasil logo após o Carnaval. A sigla fará uma série de atos pelo país para apresentá-lo como pré-candidato ao Planalto.As filiações dos deputados Tereza Cristina (MS) e Fábio Garcia (MT) já serão usadas como palanque para Maia. Te cuida Michel Temer.

PSB sem candidatura própria

O PSB não deverá ter candidato a presidente da República em outubro. Com isso, o tempo de TV do partido na propaganda eleitoral será redistribuído entre todos, mas o dinheirinho do fundo eleitoral vai irrigar as campanhas para governador e para fazer as maiores bancadas possíveis no Congresso


O país das castas é o Brasil

Aldo Vilelaseg, 05/02/2018 - 08:44

Então vejamos meus caros leitores, acreditem os senhores e senhoras mas sem alarde e após mais de cinco anos, o ministro Fux, finalmente liberou para votação da corte uma ação que questiona diversos penduricalhos concedidos a magistrados do TJ do falido, acabado e quebrado estado do Rio de Janeiro. O ministro pediu vista do processo em 2012, após o relator do caso, Ayres Britto, votar pela inconstitucionalidade de artigos que criavam, entre outras benesses, auxílios de saúde, pré-escolar, alimentação, adicional de permanência e gratificações. Por isso esse país cada vez mais se distancia de ser uma democracia séria. Com o gesto, o ministro atendeu a demanda de juízes federais que não queriam ser os únicos alvos do movimento nacional que pode acabar com o auxílio- moradia. Eles pediam uma reanálise geral, inclusive sobre os benefícios dos colegas que atuam na esfera estadual e de integrantes de outros Poderes. A enormidade de penduricalhos concedidos pela norma à Justiça do Rio, Estado de Fux e no qual sua filha atua como desembargadora, foi destacada no voto de Ayres Britto. Há até a previsão de “licença especial de três meses, com vencimentos integrais”, a cada cinco anos de serviço. Como se diz em alto e bom tom o ditado brasileiro sempre prevalece por aqui, “farinha pouca meu pirão primeiro”. Como este país vai dar certo? Nunca.

Carnaval de Petrolina 

O som do maracatu e outros ritmos da cultura pernambucana deram as boas-vindas aos festejos de Momo na capital do São Francisco. A tarde do último sábado (03), foi de alegria e muita diversão no tradicional encontro dos blocos ‘Baque Opará’ e ‘8 Furos’, na Praça 21 de Setembro, área central da cidade.

Dez anos

Em sua 10ª edição, o cortejo chegou e transformou a cidade em uma verdadeira apoteose da folia levando a alegria de sempre, que é a marca registrada do evento.

Grupo de Oposição oficializa aliança com Diogo Moraes

Nesta última sexta-feira (02), em Brejo da Madre de Deus, agreste pernambucano, o grupo de oposição do município realizou um ato político, seguido de coletiva de imprensa, para firmar uma aliança com o deputado estadual Diogo Moraes (PSB).

Presenças

Do município brejense, estiveram presentes o líder da oposição na Câmara de Vereadores, Rubinho Nunes, e os vereadores Avecino, Júnior de Miguelão, Jobson Barros, Val e o ex-vice-prefeito Zé Dercílio. Também estiveram presentes suplentes, lideranças comunitárias e pessoas da comunidade brejense, que demonstraram apoio à nova coalizão política do Agreste. 

Mais gente

Outras lideranças políticas da região do Polo de Confecções do Agreste também participaram, como o prefeito de Taquaritinga do Norte, Lero Ivanildo, os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe Júnior Gomes e Ronaldo Pacas, além de Fábio Mamão, líder da oposição em Jataúba e Prudêncio Gomes, de Toritama. Com as presenças registradas, o evento, que foi marcado para declarar apoio no município, foi amplificado e se destacou como uma grande reafirmação da representatividade do parlamentar junto às lideranças políticas do Agreste Setentrional.  

Diogo em campanha

O deputado destacou ainda que este é o momento de realizar parcerias alinhadas pelo grupo. “O diálogo no campo político se dá quando um grupo se une em prol de trocar ideias, aprumar um caminho, fazendo o melhor pelos os cidadãos. Chegou o momento de diálogo com esse grupo.

Compesa define esquema especial de abastecimento para o Carnaval

Um dos mais importantes polos do Carnaval de Pernambuco, Olinda contará com um esquema especial de abastecimento de água para a festa de Momo deste ano. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) fez ajustes operacionais no sistema para garantir a distribuição de água, todos os dias, nos principais focos de folia da cidade, que se concentram no Sítio Histórico.

Abastecimento

O regime especial de fornecimento de água diário vai funcionar a partir da próxima quarta-feira (7) e segue até 14 de fevereiro, da seguinte forma: no horário das 6h às 13h, serão abastecidos o Monte, Amparo, Guadalupe, Bonsucesso e Barreira do Rosário; e no período das 13h às 24h, serão atendidas as localidades da Ribeira, Carmo, Varadouro, Rua 13 de Maio, Rua da Bertioga, Carmo, Alto da Sé, São Francisco, Santa Tereza, Umuarama, V8, Amaro Branco e Ilha do Maruim.

Recife

Para o Carnaval do Recife, a Compesa manterá o mesmo regime de abastecimento já praticado nos bairros, tendo em vista que os principais corredores e polos de folia na cidade, como o desfile do Galo da Madrugada, ocorrerão em áreas onde o fornecimento de água é contínuo. A companhia também programou um reforço no abastecimento de água em outras cidades que costumam receber uma maior concentração de foliões e veranistas, nesta época do ano. 

Interior

Em Bezerros, no Agreste Central, entre os dias 10 e 14 de fevereiro, a companhia programou realizar o abastecimento diário para as áreas que recebem o maior fluxo de visitantes e onde ocorrem os desfiles dos blocos, como a festa Folia dos Papangus, que são os bairros do Rosário, do Cruzeiro (parte baixa), São Sebastião, Centenária e Centro.

Praias

Na Praia de Porto de Galinhas, um dos destinos mais procurados no Litoral Sul durante o Carnaval, a distribuição de água será realizada durante 24 horas, graças ao novo sistema adutor que foi colocado em operação, em outubro do ano passado, e permitiu dobrar a oferta de água para o balneário. Mesmo nas épocas de alta temporada, quando há o aumento do fluxo de pessoas na região, o sistema garante a regularidade do abastecimento de água em Porto de Galinhas.

Litoral norte

No Litoral Norte, nas localidades de Pau Amarelo, Maria Farinha, Conceição, Janga, no Paulista, além de Ponta de Pedras, em Goiana, e na Ilha de Itamaracá, o abastecimento de água seguirá o calendário normalmente, mas ganhará um reforço por meio de carros-pipa, que podem ser solicitados pelo serviço de teleatendimento da Compesa no telefone 0800 081 0195 (24 horas).

“Pernambuco tem contas organizadas porque se preparou para enfrentar a crise” quem diz é o deputado Tadeu Alencar

O deputado federal Tadeu Alencar (PSB) lembra que Pernambuco mantém o equilíbrio das contas estaduais, honrando compromissos, ao mesmo tempo em que investe em todas as regiões do Estado. O deputado destaca que as contas organizadas são fruto da capacidade de gestão do governador Paulo Câmara, que preparou o Estado para enfrentar a crise econômica nacional.

Armando se engaja no movimento para retomar construção da Barragem Engenho Pereira, em Moreno

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) esteve com o prefeito de Moreno, Vavá Rufino (PTB), nesta sexta-feira (2), e reafirmou seu engajamento na mobilização pela retomada da construção da Barragem Engenho Pereira. A obra – executada pelo governo do Estado – teve início em 2013, mas foi paralisada no ano seguinte. Ao gestor, Armando prometeu articular-se com a bancada federal de Pernambuco, de modo a garantir mais recursos ao empreendimento, através de uma nova emenda de bancada. Além disso, o petebista vai viabilizar audiências com o Ministério da Integração Nacional e a Presidência para tratar do projeto.