Otimismo x Ilusão

O otimismo passou, ao longo das décadas, a ter seu valor diminuído e até mesmo a ser desencorajado devido a sua associação com a “ilusão” e com a ideia de que se trata de algo pouco prático. Sem dúvida, isso é um grande equívoco. Ambos os conceitos lidam com expectativas e ideias que podem não […]

O otimismo passou, ao longo das décadas, a ter seu valor diminuído e até mesmo a ser desencorajado devido a sua associação com a “ilusão” e com a ideia de que se trata de algo pouco prático. Sem dúvida, isso é um grande equívoco. Ambos os conceitos lidam com expectativas e ideias que podem não ser realidade em determinado momento, mas que podem se tornar verdade. Manter o otimismo, no entanto, é bem diferente do que viver uma ilusão.

Como defende o empreendedor estadunidense Gary Vaynerchuk, no livro “Doze e meio”, em linhas gerais, o otimismo é a escolha consciente de enfrentar os contratempos, com esperança e confiança. Já a ilusão é uma forma de evitar a realidade, de “fingir que os problemas não existem”, e perder-se em expectativas fantasiosas. Ou seja, o otimismo é uma escolha prática. Desse modo, é possível ser otimista e ainda assim ter consciência de tudo o que pode dar errado em determinadas situações, considerando essas possibilidades enquanto se planeja uma estratégia de ação. Vaynerchuk realça que uma das grandes vantagens do otimismo é tornar a jornada mais divertida, servindo, ainda, como uma lente que ajuda a ver o destino de modo que torne o sucesso mais atingível e sustentável. Da mesma maneira, é possível sair em defesa da positividade.

Dito isso, fica mais simples entender que o otimismo e a positividade são aceleradores poderosos para quem deseja alcançar a riqueza plena. Essa é uma combinação que funciona como catalisador no processo de construção de um mindset vencedor e de riqueza. Esses dois conceitos estão relacionados, ajudam a progredir na jornada de sucesso e contribuem sobremaneira para a construção de um mindset de riqueza e crescimento.

Em última análise, o que realmente importa é que o otimismo e a positividade ajudam a enfrentar os desafios de maneira mais construtiva e mantêm vivas a motivação e a determinação necessárias para se alcançar os objetivos, mesmo quando algumas coisas parecem impossíveis. São duas práticas que, acima de tudo, tiram o pensamento da ilusão, essa armadilha tão perigosa que ameaça vidas e carreiras. Pensar positivo impulsiona e faz agir, enquanto iludir-se aprisiona à espera de que algo aconteça. Cabe saber escolher por qual caminho seguir. A resposta parece bem clara.

*Janguiê Diniz – Fundador e presidente do Conselho de Administração do grupo Ser Educacional – Presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo