Adriano Oliveira

Adriano Oliveira

Conjuntura e Estratégias

Perfil:Doutor em Ciência Política. Professor da UFPE - Departamento de Ciência Política. Coordenador do Núcleo de Estudos de Estratégias e Política Eleitoral da UFPE.

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Podcast - As ameaças ao presidente Bolsonaro: os limites estão postos

Cientista faz análise do cenário político brasileiro

Adriano Oliveiraseg, 04/05/2020 - 10:17

Nesta segunda-feira (04), o cientista político Adriano Oliveira comenta em seu podcast sobre a nova manifestação ocorrida neste último domingo (03), em que pessoas foram às ruas para apoiar Bolsonaro e repudiar o STF e o Congresso Nacional. Oliveira aponta dados de pesquisas recentes, que demonstram o aumento das reprovação e críticas da população diante das declarações e ações do presidente. Adriano fala também sobre a aproximação de Jair Bolsonaro com o chamado "Centrão", após muito desgaste governamental, em busca de apoio político. O analista levanta questões de que não há sustentação para que os militares estejam apoiando nos bastidores as sinalizações de Bolsonaro em endurecer e até mesmo estar preparando um golpe militar para poder governar. 

Adriano Oliveira destaca também que o mandato de Bolsonaro está chegando ao limite constitucional e que ele sofre diversas ameaças para se manter no cargo, como por exemplo: a ineficiência em combater a Covid-19, as crises econômica e política, os conflitos com o Congresso Nacional e o STF, o recente pedido de demissão de Sergio Moro seguido de depoimentos à Polícia Federal, e o frágil acordo com o "Centrão". 

Oliveira conclui que Jair Bolsonaro deu declarações na tentativa de impor limites e ameaçar as instituições e a democracia, mas que na verdade o limite chegou para ele que não consegue mais governar. Se o presidente não mudar as atitudes dele, a pressão só aumentará alimentando os cenários de impeachment, de renúncia ou deposição do cargo. Segundo Oliveira, os indícios são cada dias mais fortes e reais. O cientista político conclui ainda que a única carta na manga que restaria a Bolsonaro seria apelar para os militares, restando saber se eles, os militares, realmente estão dispostos a apoiar um golpe.   

O podcast de Adriano Oliveira tem duas edições, nas segundas e nas sextas-feiras. Além disso, também é apresentado em formato de vídeo, toda terça-feira, a partir das 15h, na fanpage do LeiaJá.

COMENTÁRIOS dos leitores